5.7 C
Kóka
quinta-feira, 2024/04/25  7:37
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Alguns países europeus alegam campanha de propaganda da Rússia para influenciar eleições

Autoridades da Europa afirmam que a Rússia pode ter pago políticos para influenciar as eleições para o Parlamento Europeu em junho.

Bruxelas, Bélgica, 29 de março de 2024 (EFE) – Alguns países europeus afirmam que a Rússia pode ter pago diversos políticos enquanto Moscou tenta influenciar as eleições para o Parlamento Europeu em junho.

As autoridades de inteligência da República Tcheca anunciaram na quinta-feira (28), que o país sancionou o site de notícias Voice of Europe e duas pessoas.

As principais narrativas disseminadas pelo site Voice of Europe incluíam a alegação de que mais apoio para a Ucrânia apenas prolonga a guerra e impede a paz.

O conteúdo era controlado e financiado diretamente por Moscou.

As autoridades tchecas disseram que um dos objetivos da propaganda era influenciar as eleições para o Parlamento Europeu, e que dinheiro de Moscou também foi usado para pagar políticos para disseminar a propaganda russa.

O primeiro-ministro belga, Alexander De Croo, disse aos parlamentares belgas na quinta-feira que a Rússia pagou alguns membros do Parlamento Europeu para promover a propaganda russa.

Alguns observadores afirmam que, nas próximas eleições parlamentares europeias, espera-se que partidos de extrema-direita e direita críticos às políticas da UE, como o apoio contínuo à Ucrânia, ganhem assentos.

Outros grupos no parlamento estão pedindo uma investigação minuciosa sobre as alegações da campanha de propaganda russa e pagamentos a alguns membros.