27 C
Kóka
terça-feira, 2024/05/28  1:03
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Bangladesh busca maneiras de combater os riscos relacionados ao calor

País enfrenta ondas de calor excessivas e busca medidas para proteger população vulnerável.

Dhaka, Bangladesh – 15 de maio de 2024 – Bangladesh está buscando novas formas de combater os riscos relacionados ao calor após enfrentar uma onda de calor excessiva em abril.

O governo do país foi forçado a impor o fechamento nacional das escolas por uma semana no mês passado, quando as temperaturas chegaram a 40 graus e além. A medida afetou cerca de 30 milhões de crianças.

Uma menina de 12 anos em Dhaka disse que era muito difícil frequentar a escola em um ambiente tão perigoso.

Com o apoio da UNICEF, a autoridade de saúde de Bangladesh lançou as Diretrizes Nacionais sobre Doenças Relacionadas ao Calor. A iniciativa visa proteger crianças e populações vulneráveis, incluindo mulheres grávidas, dos riscos à saúde relacionados ao calor. A UNICEF afirma que o risco de parto prematuro é 5 por cento maior por cada aumento de 1 grau Celsius.

A organização diz que abordar as doenças relacionadas ao calor e priorizar habilidades para profissionais de saúde são necessários para proporcionar um futuro mais saudável e brilhante para as crianças do país.

De acordo com projeções recentes da UNICEF, até 2050, 35,5 milhões de crianças em Bangladesh enfrentarão alta frequência de ondas de calor. Isso representa 99 por cento do total da população infantil naquele momento.