28 C
Kóka
sábado, 2024/07/20  10:02
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

LDP perde força em eleições para Assembleia de Tóquio

Kishida reconhece necessidade de aprender com resultados.

Tóquio, Japão, 09 de julho de 2024 – Agência de Notícias Kyodo – O primeiro-ministro japonês, Fumio Kishida, declarou nesta segunda-feira (8) que leva a sério os resultados das eleições suplementares para a Assembleia Metropolitana de Tóquio, nas quais seu Partido Liberal Democrático (LDP) não conseguiu manter sua força pré-eleitoral.

O LDP apresentou candidatos para oito das nove cadeiras em disputa nas eleições de domingo (7), mas conquistou apenas duas, ficando aquém das cinco que ocupava anteriormente. Kishida reconheceu que o partido governista precisa aprender lições com esse resultado.

“É necessário refletir sobre o que os eleitores estão nos dizendo e ajustar nossas políticas e abordagens de acordo”, afirmou Kishida em entrevista coletiva.

As eleições suplementares ocorreram no mesmo dia da eleição para governador de Tóquio, na qual a atual governadora Yuriko Koike, apoiada pelo LDP, conquistou seu terceiro mandato. Kishida avaliou positivamente a reeleição de Koike, destacando a aprovação dos eleitores ao trabalho conjunto entre o governo metropolitano e o nacional.

Questionado sobre a próxima eleição para a liderança do LDP, Kishida enfatizou seu compromisso com as reformas políticas e as agendas econômica e diplomática urgentes. “Meu foco está em produzir resultados concretos para o povo japonês. Não estou pensando em nada além disso no momento”, declarou o primeiro-ministro.

Este revés eleitoral do LDP em Tóquio pode ter implicações significativas para a política nacional japonesa, sinalizando possíveis desafios para o partido governista nas próximas eleições gerais. Analistas políticos sugerem que o resultado pode pressionar Kishida a recalibrar algumas de suas políticas para reconquistar o apoio dos eleitores urbanos.

Radio Shiga
Siga-nos
Últimos posts por Radio Shiga (exibir todos)