28 C
Kóka
sábado, 2024/07/20  9:16
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Kadokawa alerta contra disseminação de dados roubados

Editora japonesa ameaça ação legal após ciberataque.

Tóquio, Japão, 06 de julho de 2024 – Agência de Notícias Kyodo – A Kadokawa Corporation, renomada editora japonesa, fez um apelo urgente aos usuários da internet para que não disseminem informações suspeitas de terem sido roubadas de seus sites durante um recente ciberataque. A empresa advertiu que pode tomar medidas legais contra casos de compartilhamento malicioso.

Segundo a Kadokawa, vários sites do grupo estão enfrentando interrupções de serviço após seus servidores terem sido alvo de um grande ciberataque, incluindo ransomware, no mês passado. Um grupo hacker, que alega ser responsável pelo ataque, divulgou os dados roubados na dark web.

“Confirmamos que os dados vazados incluem informações pessoais de nossos funcionários, bem como dados relacionados a estudantes de uma escola administrada pela Kadokawa e criadores que utilizam nossos serviços”, declarou um porta-voz da empresa.

A editora observou que as informações pessoais vazadas parecem estar se espalhando rapidamente em fóruns anônimos e plataformas de mídia social. “Alertamos que a disseminação dessas informações pode causar danos adicionais, afetar a vida e as atividades de inúmeras pessoas, além de inspirar crimes semelhantes”, enfatizou o comunicado da empresa.

O Dr. Hiroshi Tanaka, especialista em segurança cibernética da Universidade de Tóquio, comentou: “Este incidente destaca a crescente sofisticação dos ataques cibernéticos e a importância crucial da proteção de dados sensíveis. As empresas precisam não apenas fortalecer suas defesas, mas também ter planos robustos de resposta a incidentes.”

A Kadokawa informou que está trabalhando ativamente para identificar e solicitar a remoção de informações vazadas, contatando administradores de sites e operadores de plataformas. A empresa também fez um apelo ao público, pedindo que as pessoas informem caso encontrem seus dados sendo compartilhados, através de um formulário dedicado em seu site.

“Estamos levando este assunto muito a sério e faremos todo o possível para proteger a privacidade de nossos funcionários, estudantes e parceiros”, afirmou Yuki Watanabe, diretora de segurança da informação da Kadokawa.

Este incidente ressalta a crescente ameaça de ciberataques enfrentada por empresas no Japão e em todo o mundo. Especialistas em segurança digital enfatizam a necessidade de uma abordagem proativa na proteção de dados sensíveis e na educação dos usuários sobre os riscos associados ao compartilhamento de informações roubadas.

A Kadokawa continua a trabalhar em estreita colaboração com as autoridades e especialistas em segurança cibernética para investigar o ataque e fortalecer suas defesas digitais. A empresa prometeu manter o público atualizado sobre o progresso de suas investigações e medidas de recuperação.

Radio Shiga
Siga-nos
Últimos posts por Radio Shiga (exibir todos)