28 C
Kóka
sábado, 2024/07/20  9:45
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Casos de insolação quadruplicam no Japão na primeira semana de julho

Idosos são os mais afetados pela onda de calor extremo.

Tóquio, Japão, 10 de julho de 2024 – Agência de Notícias Nippon – Autoridades japonesas relataram um aumento alarmante nos casos de insolação na primeira semana de julho, com o número de pessoas hospitalizadas quadruplicando em comparação com a semana anterior. A Agência de Gestão de Incêndios e Desastres informou que 9.105 pessoas em todo o país foram levadas a hospitais com sintomas de insolação entre 1 e 7 de julho.

Este número representa um aumento de quatro vezes em relação à semana de 24 a 30 de junho, sendo o mais alto registrado este ano. Além disso, é aproximadamente o dobro do número registrado no mesmo período do ano passado.

Do total de casos, 19 pacientes faleceram e 3.248 necessitaram de hospitalização. Quase 60% dos pacientes, ou 5.378, tinham 65 anos ou mais, evidenciando a vulnerabilidade da população idosa às altas temperaturas.

A análise dos locais onde ocorreram os casos de insolação revela que 3.449 pacientes foram afetados em suas próprias residências, enquanto 1.877 adoeceram nas ruas e 1.201 em estádios ao ar livre, estacionamentos e outros espaços abertos.

As autoridades atribuem o aumento drástico dos casos ao calor extremo, que levou à emissão de alertas de insolação em vários dias. As temperaturas em algumas regiões do país chegaram a cerca de 40 graus Celsius.

Com a previsão de continuidade das altas temperaturas, as autoridades estão instando a população a usar o ar condicionado adequadamente, manter-se hidratada e fazer pausas regulares ao trabalhar ao ar livre. Essas medidas são cruciais para prevenir casos de insolação e proteger a saúde pública durante este período de calor intenso.

Radio Shiga
Siga-nos
Últimos posts por Radio Shiga (exibir todos)