25.6 C
Kóka
quinta-feira, 2024/06/20  5:54
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Partidos de direita projetados para ganhar nas eleições europeias

Presidente Macron dissolve parlamento francês após vitória da direita no país.

Bruxelas, Bélgica, 10 de junho de 2024 (Agência de Notícias France Press) – Projeções iniciais divulgadas pelo Parlamento Europeu mostram que partidos de direita e extrema-direita devem fazer grandes ganhos nas eleições europeias.

A votação para as eleições ocorreu em 27 estados-membros da União Europeia entre quinta-feira e domingo.

Na França, o partido de extrema-direita Reunião Nacional é projetado para vencer com folga sobre os partidos da coalizão governista liderada pelo presidente Emmanuel Macron. Ele deve conquistar mais que o dobro de cadeiras que a coalizão pró-europeia de Macron.

O partido francês de direita se opõe ao avanço da integração europeia pela UE.

Em resposta, Macron anunciou a dissolução do parlamento nacional e convocou novas eleições, com o primeiro turno marcado para o final deste mês.

Macron disse em um discurso televisionado que o avanço dos nacionalistas e do que ele chamou de demagogos é um perigo para a França e também para a Europa.

Ele afirmou ter decidido devolver ao povo a escolha do futuro da França por meio do voto.

No parlamento de 720 cadeiras da UE, duas bancadas que incluem partidos de direita e extrema-direita céticos em relação à UE devem aumentar seu número combinado de assentos para cerca de 130.

O partido de extrema-direita Alternativa para a Alemanha (AfD), que não está afiliado às duas bancadas, também deve aumentar seu número de cadeiras para cerca de 14.

Três grandes grupos parlamentares de partidos pró-europeus de centro-direita e centro-esquerda devem manter a maioria. Mas resta saber como o avanço das forças céticas em relação à UE afetará o futuro rumo político da Europa.