25.6 C
Kóka
quinta-feira, 2024/06/20  6:31
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Construtora demolirá condomínio após reclamações de vizinhos sobre vista do Monte Fuji

Edifício de 10 andares recém-concluído será derrubado por bloquear paisagem em Tóquio.

Tóquio, Japão, 11 de junho de 2024 (Agência de Notícias Kyodo) – A construtora de um condomínio recém-concluído na cidade de Kunitachi, em Tóquio, decidiu demoli-lo, citando seu “impacto na área circundante”. Algumas pessoas que moram nas proximidades reclamaram que o edifício de 10 andares bloqueia as vistas do Monte Fuji de seu bairro.

A construtora Sekisui House notificou os oficiais da cidade na última terça-feira (4) sobre sua decisão de descontinuar o projeto e derrubar o condomínio de 18 unidades, apenas algumas semanas antes que as unidades fossem transferidas para os clientes.

As unidades – a maioria com preços entre 446.000 e 510.000 dólares – deveriam estar prontas para serem entregues aos compradores no próximo mês.

A empresa disse que sua avaliação anterior sobre o impacto do edifício na área circundante havia sido insuficiente. Acrescentou que não havia problemas estruturais no prédio e nenhuma violação legal associada ao projeto.

A decisão de uma grande construtora japonesa gerou reações mistas. Uma moradora das proximidades disse estar feliz por poder desfrutar novamente da vista do Monte Fuji da rua. Outra disse que a construtora pode ter reagido excessivamente às reclamações daqueles que estão insatisfeitos com o projeto.

A demolição de um empreendimento imobiliário concluído é um caso raro no Japão, onde a preservação de vistas cênicas é uma preocupação significativa, especialmente em áreas residenciais de alto padrão.