25.6 C
Kóka
quinta-feira, 2024/06/20  6:15
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Agência nuclear da ONU adota resolução pedindo cooperação do Irã

IAEA solicita acesso a locais não declarados e reversão de retirada de inspetores.

Viena, Áustria, 7 de junho de 2024 (Agência Notícias Reuters) – A Agência Internacional de Energia Atômica (IAEA) adotou uma resolução que pede ao Irã que forneça cooperação suficiente com sua investigação sobre substâncias nucleares encontradas em locais não declarados entre 2019 e 2020.

Resolução proposta por países europeus
A Agência de Notícias Reuters informou que a resolução, proposta por Reino Unido, França e Alemanha, foi aprovada pelo Conselho de Governadores da IAEA na quarta-feira (5).

A resolução, adotada por maioria de votos, solicita que o Irã coopere urgentemente com a investigação, fornecendo acesso aos locais relevantes e permitindo a coleta de amostras.

Reversão de retirada de inspetores
A resolução também insta o Irã a reverter sua decisão de retirar as designações de vários inspetores da IAEA.

Reação do Irã
O Irã reagiu fortemente à medida. Um porta-voz da Organização de Energia Atômica do Irã disse: “Espera-se que os países ocidentais sigam o caminho da interação e cooperação, em vez de abusar das organizações internacionais e exercer pressão.”

Preocupações da comunidade internacional
A comunidade internacional está cada vez mais preocupada com a questão, já que Teerã tem produzido urânio enriquecido com pureza de até 60%. Esse nível excede em muito o limite estabelecido no acordo nuclear com as principais potências mundiais.

A adoção da resolução pela IAEA destaca a urgência de resolver as questões pendentes sobre o programa nuclear do Irã e garantir a transparência e a cooperação necessárias para a segurança global.