26.1 C
Kóka
terça-feira, 2024/05/28  12:23
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Presidente Vladimir Putin visita a China para cúpula com Xi Jinping esta semana

Primeira viagem internacional de Putin em seu quinto mandato reforça laços entre Rússia e China.

Moscou, Rússia – 15 de maio de 2024 – O presidente russo, Vladimir Putin, fará uma visita oficial à China nesta semana para participar de uma cúpula com seu homólogo chinês, Xi Jinping. Esta será a primeira viagem ao exterior de Putin desde que assumiu seu quinto mandato. A visita ocorrerá na quinta (16) e sexta-feira (17), conforme anunciado pelos Ministérios das Relações Exteriores da China e pelo gabinete presidencial russo na última terça-feira (14).

Putin se encontrará com Xi em Pequim e também visitará a cidade de Harbin, no nordeste do país, conhecida como a “Moscou Oriental”, localizada na província de Heilongjiang. Durante a cúpula, os líderes discutirão cooperação em diversos campos, marcando o 75º aniversário das relações diplomáticas entre os dois países.

Um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China afirmou que os líderes irão identificar áreas-chave para o desenvolvimento de cooperação prática e trocar opiniões sobre as questões internacionais e regionais mais urgentes.

A escolha da China como destino para sua primeira viagem internacional em seu novo mandato sugere a intenção de Putin de fortalecer os laços com Pequim, em meio ao crescente atrito com as nações ocidentais devido à invasão russa na Ucrânia. Por sua vez, a China busca demonstrar suas fortes ligações com a Rússia, em oposição às pressões dos Estados Unidos.

Além disso, a China manifestou sua intenção de mediar conversações de paz entre a Rússia e a Ucrânia, embora os Estados Unidos tenham expressado preocupações sobre o apoio chinês à indústria bélica russa.

A visita de Putin à China promete reforçar a aliança estratégica entre as duas potências, ao mesmo tempo em que envia uma mensagem clara ao Ocidente sobre a solidez das relações sino-russas em um cenário geopolítico cada vez mais polarizado.