26.1 C
Kóka
terça-feira, 2024/05/28  12:06
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Pequim protesta após Marinha dos EUA navegar perto de ilhas reivindicadas pela China

Destroyer da Marinha dos EUA realiza operação de liberdade de navegação perto das Ilhas Paracel, provocando protestos de Pequim.

Pequim, China – 11 de maio de 2024 – A Marinha dos EUA enviou um destroyer para navegar perto das Ilhas Paracel no Mar do Sul da China, desencadeando protestos de Pequim.

A 7ª Frota da Marinha dos EUA informou na sexta-feira que o USS Halsey realizou uma “operação de liberdade de navegação” perto do arquipélago após atravessar o Estreito de Taiwan.

As Ilhas Paracel são reivindicadas pela China, Vietnã e Taiwan.

Um porta-voz do Comando do Teatro Sul do Exército Chinês afirmou que a embarcação dos EUA fez uma intrusão ilegal e não autorizada nas águas territoriais da China.

O oficial também chamou os Estados Unidos de o maior sabotador da paz e estabilidade no Mar do Sul da China.

O Secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, visitou Pequim no mês passado e concordou com o Presidente Chinês Xi Jinping sobre a necessidade de estabilizar os laços bilaterais.

Os Estados Unidos continuam desafiando as extensas reivindicações marítimas da China no Mar do Sul da China e no Estreito de Taiwan.