27 C
Kóka
terça-feira, 2024/05/28  12:43
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Mais um líder da oposição cambojana é preso

Líder do partido National Power Party é detido após retornar do Japão, levantando preocupações sobre intensificação da repressão no país.

Phnom Penh, Camboja – 15 de maio de 2024 – O líder de um partido de oposição cambojano, Sun Chanthy, foi preso pouco depois de retornar do Japão. As preocupações aumentam de que a repressão contra pessoas críticas ao governo possa se intensificar.

A polícia cambojana afirma ter prendido o líder do National Power Party no Aeroporto Internacional de Phnom Penh na última quinta-feira (9).

Eles dizem que Sun Chanthy é acusado de postar informações nas redes sociais com a intenção de incitar o público e causar caos na sociedade.

O National Power Party condenou a prisão como intimidação e a classificou de ameaça ao processo democrático do país. O partido está exigindo sua libertação incondicional.

Sun Chanthy é o mais recente líder da oposição e alto funcionário a ser preso pelas autoridades cambojanas.

Nas eleições gerais de 2023, o principal partido de oposição foi impedido de concorrer e o Partido do Povo Cambojano, no poder, obteve uma vitória esmagadora.

Hun Manet tornou-se primeiro-ministro após assumir a administração de seu pai, Hun Sen, que esteve no poder por quase quatro décadas.