5.7 C
Kóka
quinta-feira, 2024/04/25  8:22
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Governo japonês designa 16 aeroportos e portos marítimos para uso pelas Forças de Autodefesa e Guarda Costeira

Medida visa facilitar operações de defesa nacional e contingências em todo o país.

Tóquio, Japão, 2 de abril de 2024 (NHK) – O governo japonês anunciou a designação de 16 aeroportos e portos marítimos em todo o país para facilitar seu uso pelas Forças de Autodefesa (SDF) e pela Guarda Costeira do Japão (JCG).

Essa medida visa fortalecer a prontidão para contingências e elevar as capacidades de defesa nacional, em meio a um ambiente de segurança regional em constante evolução. O governo tem discutido com as autoridades locais quais instalações devem ser designadas como parte de seus esforços nesse sentido.

A designação foi aprovada na segunda-feira (1), pelos membros relevantes do gabinete japonês. As funções de cinco aeroportos e 11 portos marítimos serão melhoradas para esse propósito específico. Segundo o governo, aeronaves e navios das SDF e JCG terão permissão para usar as instalações de forma fluida para treinamentos e outras atividades.

Entre os aeroportos designados estão o Aeroporto de Naha, na província de Okinawa, e os de Miyazaki, Nagasaki, Fukue e Kitakyushu, na região sudoeste de Kyushu. Já entre os portos marítimos designados estão o Porto de Ishigaki em Okinawa, o Porto de Hakata em Kyushu, e os portos de Kochi, Susaki, Sukumo Bay e Takamatsu na região oeste de Shikoku, entre outros.

O governo afirma que as melhorias nas instalações incluem a extensão de pistas e a expansão de cais, se necessário, garantindo que o setor privado permaneça como o principal usuário dessas instalações.

Há planos do governo de fazer novos arranjos com as autoridades locais para aumentar o número de instalações designadas para esse fim, como parte de seus esforços contínuos para fortalecer a defesa nacional e garantir a segurança do país.