5.7 C
Kóka
quinta-feira, 2024/04/25  7:49
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Primeiro-ministro do Japão, Kishida, promete aumento salarial superior ao aumento de preços

Kishida Fumio garante que os salários aumentarão mais do que os preços até o final do ano, após aprovação do orçamento recorde pela Dieta japonesa.

Tóquio, Japão, 29 de março de 2024 (NHK) – O primeiro-ministro japonês, Kishida Fumio, prometeu garantir que os salários estejam aumentando mais do que os preços até o final do ano.

Seus comentários surgiram depois que a Dieta japonesa aprovou na quinta-feira (28), o segundo maior orçamento inicial da história para despesas no próximo ano fiscal.

O orçamento totaliza mais de 112 trilhões de ienes ou cerca de 740 bilhões de dólares. Falando com repórteres após sua aprovação, Kishida disse que inclui uma série de medidas para enfrentar o aumento dos preços e impulsionar os salários.

Ele disse: “O Japão ainda está apenas na metade do caminho para sair da deflação. Se seremos capazes de aproveitar a oportunidade para sair dessa situação, ou teremos que voltar atrás, depende de nossa resposta a partir de agora.”

O primeiro-ministro então falou sobre a economia japonesa. Ele disse que fortes aumentos salariais e investimentos recordes em capital estão atraindo grandes investimentos do exterior.

Ele também mencionou cortes no imposto de renda que sua administração está planejando a partir de junho para adicionar ímpeto.

Na semana passada, o Banco do Japão encerrou as taxas de juros negativas quando aumentou as taxas de empréstimo pela primeira vez em 17 anos.

Kishida disse que o governo e o banco central continuarão coordenando de perto.