12 C
Kóka
sexta-feira, 2024/03/01  7:13
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Governo japonês planeja designar ursos como ‘espécies selvagens para controle’

Ministério do Meio Ambiente do Japão pretende designar ursos como "espécies selvagens para controle" até o final de abril, visando conter ataques que atingiram níveis alarmantes.

Tóquio, Japão – 9 de fevereiro de 2024 – O Ministério do Meio Ambiente do Japão planeja designar os ursos como “espécies selvagens para controle” até o final de abril, quando os animais saem da hibernação.

O Ministro do Meio Ambiente, Ito Shintaro, anunciou o plano na quinta-feira (8), após um painel de especialistas do ministério propor a designação mais cedo no mesmo dia.

A medida vem em resposta ao aumento de ataques de ursos em todo o país no atual ano fiscal. A designação permitirá que o estado apoie a captura de animais selvagens que prejudicam os meios de subsistência das pessoas, a produção agrícola e o ecossistema.

Ito disse aos repórteres que o ministério implementará, rapidamente, medidas para proteger as pessoas dos ursos em cooperação com ministérios relevantes e governos locais.

Ele afirmou que espera que os governos locais trabalhem para prevenir danos causados pelos animais. Eles podem fazer isso não apenas capturando os ursos, mas de maneiras adequadas às suas comunidades, monitorando as populações de ursos e controlando o ambiente para mantê-los afastados das áreas habitadas.

Ito disse que seu ministério fornecerá apoio técnico e financeiro para prevenir danos causados por ursos com base no conhecimento científico e para garantir a segurança das pessoas.

O painel estudou a questão desde dezembro passado, em resposta a um pedido de Hokkaido e das províncias do nordeste, onde muitos casos de ferimentos relacionados a ursos foram relatados.

De abril do ano passado a janeiro deste ano, 218 pessoas no Japão foram feridas por ursos. Esse número já supera o pior resultado de 158 em todo o ano fiscal de 2020.

O painel afirma que as populações de ursos têm aumentado significativamente, aumentando a preocupação com os ataques. Mas observou que os ursos em Shikoku, no oeste do Japão, estão em risco de extinção.

O ministério planeja seguir a proposta do painel de excluir os ursos de Shikoku do programa de controle e captura.

Cervos e javalis japoneses estão entre os animais atualmente designados para o programa. O objetivo do programa agora é reduzir as populações dessas espécies em 50% devido à alta fertilidade.

Mas o painel pede monitoramento regular das distribuições de habitat dos ursos e suas populações para limitar sua captura, pois sua fertilidade é baixa.

O painel também propôs a criação de zonas de amortecimento entre ursos e humanos por meio do abate de árvores e o aumento do controle sobre as populações de ursos.