24 C
Kóka
sexta-feira, 2024/06/21  4:44
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Forte de Copacabana recebe exposição de fotografias “A História da China”

Reunindo cerca de 40 fotografias de renomados artistas chineses, a mostra é uma realização da Associação de Arte e Cultura RioMont, que também oferece a partir deste mês no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, simultaneamente, residência de dança com foco na cultura chinesa.

Reunindo cerca de 40 fotografias de renomados artistas chineses, a mostra é uma realização da Associação de Arte e Cultura RioMont, que também oferece a partir deste mês no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, simultaneamente, residência de dança com foco na cultura chinesa.No dia 14, o Forte de Copacabana recebeu a exposiçã“A História da China – Exposição

Mundial de Fotografia em Turnê”, composta por um acervo de 40 fotos de diversos fotógrafos chineses. Aberta ao público até o dia 14 de janeiro, a mostra é uma realização da Associação de Arte e Cultura RioMont, em parceria com o Consulado Geral da República Popular da China no Rio de Janeiro e conta também com colaboração da Associação de Fotógrafos da China.

Através das fotografias, a exposição oferece uma diversificada jornada visual através do tempo e da cultura chinesa, destacando a riqueza da tradição e a vibrante contemporaneidade do país. Capturando momentos que transcendem fronteiras, as imagens revelam a beleza única do país asiático e estabelecem uma conexão especial com o público, que poderá conhecer de perto diferentes aspectos da cultura chinesa, explorando desde a tradição milenar até a modernidade pulsante.

“A exposição inaugura um vasto calendário de realizações que tomarão corpo ao longo do ano de 2024, visando celebrar o meio século de relações China – Brasil, duas nações profundamente ricas culturalmente. A RioMont nasce com o objetivo central de celebrar estes encontros, por meio de projetos diversos que apresentarão ao público os ricos resultados a partir do intercâmbio cultural sino-brasileiros.” afirma Macia Melchior, Presidente da Associação de Arte e Cultura RioMont.

A exposiçãé a primeira de uma série de outras atividades que serão realizadas celebrando os 50 anos de relações diplomáticas entre Brasil e China ao longo do ano de 2024. 

Residência de Dança no Theatro Municipal do Rio de Janeiro

A Associação de Arte e Cultura RioMont também está realizando, simultaneamente, um projeto de Residência de Dança no Theatro Municipal no Rio de Janeiro. Iniciado neste mês de dezembro, o projeto segue ao longo de 2024 – ainda estão abertas as inscrições (informações no site riomont.com.br). A ideia é que o projeto, em um segundo momento, resulte em uma companhia de dança intitulada Companhia RioMont de Dança Tradicional Chinesa, que se aprofundará nas investigações artísticas resultantes do intercâmbio inter cultural entre o Brasil e China. Os integrantes da companhia serão selecionados a partir de participantes da residência artística.

A residência artística é voltada para artistas de todo o estado do Rio de Janeiro, interessados em investigar suas habilidades junto aos profissionais do corpo artístico do Theatro Municipal, considerada a principal casa de espetáculos do Brasil e uma das mais importantes da América do Sul, assim como profissionais ligados à Associação de Arte e Cultura RioMont. 

A residência parte da investigação corporal, dança, movimento, expressão física, atuação, dramaturgia criativa corporal e o cruzamento com as artes musicais. Já foi formado um grupo, que está trabalhando coletivamente durante todo o período do processo, conduzido pelos professores e coreógrafos Marcia Delgado, bailarina com grande vivência na dança tradicional chinesa, e Anderson Dionísio, bailarino há mais de 30 anos no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. 

Após o final da residência, será realizado um circuito de apresentações, tendo início no Theatro Municipal do Rio de Janeiro e se estendendo por outros espaços culturais do município e estado do Rio de Janeiro.  O projeto é uma realização via cooperação entre a Fundação Theatro Municipal do Rio de Janeiro e a Associação RioMont de Arte e Cultura, via Lei de Incentivo à Cultura – Lei Rouanet e conta com patrocínio da empresa chinesa, CNPC.

Sobre a Associação RioMont de Arte e Cultura

A Associação de Arte e Cultura RioMont, criada em fevereiro de 2023, é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos, de natureza cultural, que tem a missão de incentivar o fortalecimento de vínculos entre Brasil e China, sob o viés do desenvolvimento social. Por intermédio da criação, produção e difusão de projetos culturais, esportivos e educacionais, a RioMont almeja fazer com que o Rio de Janeiro potencialize suas vocações naturais, ao mesmo tempo em que também se transforme em um lugar cada vez mais integrado com o que a República Popular da China oferece de suporte, tanto em relação à capacitação técnica, quanto a aspectos comportamentais e emocionais.

Site:www.riomont.com.br

Instagram: @riomont.cultura

Telefone: 21 99971 3000SERVIÇO:

Exposiçã“A História da China” – Exposição Mundial de Fotografia em Turnê

De 14 de dezembro de 2023 a 14 de janeiro de 2024

Forte de Copacabana – SALA DE EXPOSIÇÕES TEMPORÁRIAS – SET (acesso em frente à Alameda) 

Horário de funcionamento do Forte de Copacabana: De terça a domingo, de 10h às 19h.

Endereço: Praça Cel. Eugênio Franco, 1, Posto 6 – Copacabana, Rio de Janeiro

Valores para acessar o Forte de Copacabana | pagamento apenas em espécie

– Inteira: R$ 10,00 – Meia-entrada (mediante comprovação): R$ 5,00

Às terças-feiras a entrada é franca para todo o público. Professores da rede pública de ensino; Estudantes das redes pública e privada; Maiores de 60 anos e Portadores da ID Jovem.

Fábio Cezanne:

Cezanne Comunicação – Assessoria de Imprensa em Cultura e Arte

21-99197-7465 / 21-3439-0145
Cleo Oshiro
Últimos posts por Cleo Oshiro (exibir todos)