28.5 C
Kóka
quinta-feira, 2024/06/20  7:06
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Ausência da China ao evento de relações públicas dos Jogos Asiáticos está ligado à cúpula do G7, diz o governador de Aichi

A prefeitura de Aichi, na região central do Japão, cancelou um evento destinado a promover os Jogos Asiáticos deste ano na China, depois que os organizadores chineses cancelaram, abruptamente, sua participação.

Ausência da China ao evento de relações públicas dos Jogos Asiáticos está ligado à cúpula do G7, diz o governador de Aichi

A prefeitura de Aichi, na região central do Japão, cancelou um evento destinado a promover os Jogos Asiáticos deste ano na China, depois que os organizadores chineses cancelaram, abruptamente, sua participação.

O governador de Aichi sugeriu que a ausência da China reflete seu descontentamento com a recente cúpula do G7 em Hiroshima.

O evento promocional estava planejado para o próximo fim de semana em Nagoya, capital da província de Aichi. Estava prevista a presença de delegados do comitê organizador dos Jogos Asiáticos de 2023 em Hangzhou.

Mas as autoridades da prefeitura de Aichi disseram que foram informadas pelo lado chinês na segunda-feira (22), que a visita havia sido cancelada.

O governador de Aichi, Ohmura Hideaki, disse aos repórteres que a prefeitura pediu ao comitê organizador chinês e ao Conselho Olímpico da Ásia que explicassem por que a visita havia sido cancelada. Mas ele disse que nenhuma razão foi dada.

O governador observou que, após a Cúpula do G7 em Hiroshima, a China convocou o embaixador japonês em Pequim e expressou seu descontentamento. Ele disse que se pode presumir que a cúpula teve um impacto.

A Prefeitura de Aichi organizou o evento de relações públicas, pois é a principal sede dos Jogos Asiáticos de 2026. Esses jogos sucederão o evento deste ano em Hangzhou.