28 C
Kóka
sábado, 2024/07/20  9:32
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Onda de calor no Japão: temperatura atinge 40°C em Shizuoka

Autoridades alertam para risco de insolação em todo o país.

Tóquio, Japão, 08 de julho de 2024 – Agência de Notícias Kyodo Uma intensa onda de calor continua a atingir o Japão neste domingo (7), com a temperatura chegando a 40°C na cidade de Shizuoka, região central do país. As autoridades meteorológicas japonesas estão emitindo alertas sobre o risco de insolação, especialmente após o registro de mortes de idosos possivelmente relacionadas ao calor extremo.

A Agência Meteorológica do Japão informou que um sistema de alta pressão no Oceano Pacífico está cobrindo amplas áreas do oeste e leste do país, elevando as temperaturas. Em Shizuoka, o mercúrio atingiu 40°C às 13h18, marcando a temperatura mais alta já registrada na cidade desde que a agência começou a manter registros em 1940.

Esta é a primeira vez que as temperaturas atingem 40°C no Japão desde 10 de agosto do ano passado, quando esse nível foi registrado na cidade de Komatsu, prefeitura de Ishikawa, na costa do Mar do Japão.

Outras regiões também registraram temperaturas extremamente altas neste domingo. A cidade de Shimonita, na prefeitura de Gunma, registrou 39,8°C, enquanto Kofu, na prefeitura de Yamanashi, chegou a 39,3°C.

Em resposta à situação, a Agência Meteorológica e o Ministério do Meio Ambiente emitiram alertas de insolação para 26 prefeituras, desde Kanto até Okinawa, incluindo Tóquio. As autoridades estão instando a população a usar ar-condicionado de forma apropriada, evitar saídas desnecessárias e exercícios físicos.

As famílias são aconselhadas a dar atenção especial aos idosos e crianças, que são mais vulneráveis à insolação. “É importante que todos estejam atentos aos sinais de insolação e tomem medidas preventivas”, alertou um porta-voz da Agência Meteorológica.

Esta onda de calor ressalta a crescente preocupação com os impactos das mudanças climáticas no Japão, que tem enfrentado verões cada vez mais quentes e intensos nos últimos anos. As autoridades continuam monitorando a situação de perto e pedem que a população fique atenta às atualizações e siga as recomendações de segurança.

Radio Shiga
Siga-nos
Últimos posts por Radio Shiga (exibir todos)