28 C
Kóka
sábado, 2024/07/20  9:20
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Japão inicia obras para base dos EUA em Okinawa

Governo começa preparativos para construção de quebra-mar.

Nago, Okinawa, Japão, 09 de julho de 2024 – Agência de Notícias NHK – O governo japonês deu início aos trabalhos preparatórios para a construção de um novo quebra-mar no local planejado para a relocação da Base Aérea do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA de Futenma, na prefeitura de Okinawa, sul do Japão.

Fontes do Ministério da Defesa informaram à NHK que um teste para cravação de estacas começou nesta segunda-feira (8) na Baía de Oura, na cidade de Nago. As estacas são necessárias para reforçar o leito marinho, que foi considerado macio. Quebra-mares de concreto serão construídos ao redor da área planejada para aterro.

O trabalho faz parte do plano do governo para transferir a base dos EUA da densamente povoada cidade de Ginowan para Henoko, em Nago. Anteriormente, o governo e a prefeitura deveriam realizar negociações antes do início das obras de aterro na Baía de Oura.

No entanto, o governo informou à prefeitura no mês passado que as negociações foram canceladas e que a construção do novo quebra-mar começaria em 1º de agosto ou depois, alegando que já houve discussões suficientes.

Imagens capturadas por um helicóptero da NHK mostram estacas sendo descarregadas de um navio-guindaste no mar e trabalhadores ao redor delas.

O governo da prefeitura de Okinawa, que se opõe à relocação, declarou ser lamentável que o governo central tenha decidido unilateralmente a data de início das obras. Também afirmou que a cravação de estacas no mar não é um teste, mas o início efetivo dos trabalhos de reforço.

A prefeitura está solicitando ao governo que cancele o teste e as obras de construção. Este desenvolvimento marca uma nova fase no controverso projeto de relocação da base militar, que tem sido fonte de tensões entre o governo central japonês e as autoridades locais de Okinawa há anos.

Radio Shiga
Siga-nos
Últimos posts por Radio Shiga (exibir todos)