28 C
Kóka
sábado, 2024/07/20  8:53
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Japão defende acordo de segurança com as Filipinas

Pacto é essencial para paz regional, afirma porta-voz do governo.

Tóquio, Japão, 10 de julho de 2024 – Agência de Notícias Nippon – O Secretário-Chefe do Gabinete do Japão, Yoshimasa Hayashi, declarou nesta terça-feira (9) que o acordo bilateral de cooperação em segurança assinado com as Filipinas na segunda-feira (8) é essencial para a paz e prosperidade regionais. A declaração foi feita durante uma coletiva de imprensa em Tóquio.

O acordo, conhecido como Reciprocal Access Agreement (RAA), visa facilitar exercícios conjuntos entre as Forças de Autodefesa do Japão e as forças armadas filipinas, em um contexto de crescente presença chinesa nos mares do Leste e do Sul da China. O pacto abrange questões como o manuseio de armas e munições durante treinamentos conjuntos, além de estabelecer jurisdição em caso de incidentes ou acidentes.

Hayashi enfatizou que o acordo fortalecerá a cooperação bilateral em segurança e defesa, contribuindo para a estabilidade e paz na região do Indo-Pacífico. “Este pacto representa um passo significativo em nossa parceria estratégica com as Filipinas e reforça nosso compromisso com a segurança regional”, afirmou o porta-voz.

Em resposta às críticas da China, que argumentou que a região Ásia-Pacífico não necessita de blocos militares ou agrupamentos que incitem confrontos, Hayashi esclareceu que o aprofundamento dos laços com as Filipinas não visa nenhum país específico. “Nossa intenção é promover a estabilidade regional através da cooperação mútua, não criar divisões”, explicou.

O Secretário-Chefe do Gabinete ressaltou ainda que o acordo ajudará a manter e fortalecer uma ordem internacional livre e aberta, baseada no estado de direito. “Este pacto reflete nossos valores compartilhados e nossa visão comum para um Indo-Pacífico pacífico e próspero”, concluiu Hayashi.

A assinatura do RAA entre Japão e Filipinas marca um importante desenvolvimento nas relações de segurança no Sudeste Asiático, sinalizando uma crescente cooperação entre os países aliados dos Estados Unidos na região, em meio às tensões geopolíticas com a China.

Radio Shiga
Siga-nos
Últimos posts por Radio Shiga (exibir todos)