28 C
Kóka
sábado, 2024/07/20  9:25
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Direita francesa lidera pesquisas para 2º turno

Aliança Nacional deve conquistar maioria no parlamento francês.

Paris, França, 07 de julho de 2024 – Agência France-Presse – A Aliança Nacional, partido de extrema-direita francês, e seus aliados devem conquistar o maior número de votos no segundo turno das eleições parlamentares neste domingo (7). As pesquisas apontam para uma mudança significativa no cenário político do país.

No primeiro turno, realizado na semana passada, a coalizão da Aliança Nacional obteve mais de 30% dos votos para a Assembleia Nacional, a câmara baixa do parlamento francês. A aliança de esquerda, a Nova Frente Popular, ficou em segundo lugar, seguida pela coalizão centrista governista liderada pelo presidente Emmanuel Macron.

De acordo com projeções divulgadas na sexta-feira (5) pela empresa de pesquisa Ipsos, baseadas em uma pesquisa de opinião, a Aliança Nacional deve conquistar entre 175 e 205 cadeiras. A Nova Frente Popular deve obter entre 145 e 175 assentos, enquanto o grupo governista deve ficar com 118 a 148 cadeiras.

O segundo turno será realizado em 501 dos 577 distritos eleitorais onde não houve vencedores no primeiro turno. A coalizão governista e a Nova Frente Popular estão trabalhando juntas contra as forças de direita, apoiando candidatos unificados.

A participação dos eleitores no primeiro turno foi de 66,7%, um aumento de 19 pontos percentuais em relação à eleição anterior, realizada há dois anos. Espera-se que o comparecimento no segundo turno seja semelhante.

As seções eleitorais abrirão às 8h do domingo (7) e a contagem dos votos começará durante o dia. O resultado final dessas eleições pode representar uma mudança significativa na composição do parlamento francês e, consequentemente, na direção política do país.

Analistas políticos destacam que o avanço da extrema-direita reflete uma tendência observada em várias partes da Europa, onde partidos nacionalistas e populistas têm ganhado força nos últimos anos. O resultado dessas eleições pode ter implicações não apenas para a França, mas também para a política europeia como um todo.

Radio Shiga
Siga-nos
Últimos posts por Radio Shiga (exibir todos)