25.6 C
Kóka
quinta-feira, 2024/06/20  5:20
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Japão intensificará cooperação com Ucrânia para ajudar na reconstrução do país

Tóquio trabalhará em novo acordo com Kiev, incluindo medidas econômicas para apoiar a recuperação.

Tóquio, Japão, 8 de junho de 2024 (Kyodo News) – O governo japonês está trabalhando para assinar um novo documento com a Ucrânia que inclui medidas econômicas para apoiar a reconstrução do país.

Fontes governamentais dizem que estão em andamento preparativos para que o primeiro-ministro Kishida Fumio e o presidente Volodymyr Zelenskyy realizem conversações e assinem o documento à margem da cúpula do G7 deste ano. A cúpula do G7 será realizada na Itália a partir de 13 de junho. Zelenskyy foi convidado para participar de uma sessão focada na situação na Ucrânia.

Na quinta-feira (6), Kishida ressaltou a importância de encerrar a invasão russa da Ucrânia e realizar uma paz justa e duradoura o mais rápido possível. Ele acrescentou que o Japão está disposto a liderar os esforços para alcançar isso.

A Ucrânia já concluiu acordos de cooperação em segurança com países como Grã-Bretanha e França.

Fontes do governo japonês dizem que, dadas as restrições constitucionais do país, entre outros fatores, a cooperação prevista provavelmente se concentrará na assistência econômica para ajudar a reconstruir a Ucrânia, com foco no setor energético.

Kishida e Zelenskyy se encontraram pessoalmente em maio de 2023, quando o Japão sediou a Cúpula de Hiroshima do G7.

Espera-se que Kishida transmita a intenção do Japão de continuar com sanções rigorosas contra a Rússia e reafirme a cooperação entre Japão e Ucrânia nas próximas conversações.