28.5 C
Kóka
quinta-feira, 2024/06/20  7:15
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Hungria enfatiza importância da cooperação energética com a Rússia

Ministro das Relações Exteriores húngaro destaca parceria com Moscou em meio a sanções da UE.

Budapeste, Hungria, 8 de junho de 2024 (EFE) – O ministro das Relações Exteriores da Hungria enfatizou a importância da cooperação energética com a Rússia em meio ao aumento das sanções econômicas a Moscou por outras nações da União Europeia.

O ministro húngaro, Peter Szijjarto, falou em uma sessão relacionada à energia do Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo na quinta-feira (6). Executivos empresariais e autoridades governamentais de outros países participaram do fórum.

Szijjarto ressaltou a importância de um relacionamento cooperativo com a Rússia, dizendo: “Não estamos prontos para desistir de parcerias bem-sucedidas no campo do fornecimento de energia”.

O gabinete presidencial russo afirma que a Hungria é o único país da UE que enviou um ministro do gabinete para o fórum deste ano.

No mesmo dia, a segunda filha do presidente russo Vladimir Putin, Katerina Tikhonova, participou de uma sessão online sobre a indústria de defesa como executiva corporativa.

Ela disse que um aumento dos produtos russos no mercado será alcançado com a cooperação das comunidades científica e empresarial e do governo. Seu comentário veio em meio a um aumento na produção de armas na Rússia por meio de investimentos maciços na indústria militar. Tikhonova enfatizou a necessidade de a indústria militar e as empresas civis trabalharem juntas.