26.1 C
Kóka
terça-feira, 2024/05/28  12:20
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Seca ameaça Terraços de Arroz Patrimônio Mundial nas Filipinas

Ondas de calor persistentes causam secas que afetam o Patrimônio Mundial da UNESCO nos Terraços de Arroz das Cordilheiras Filipinas, localizados na Província de Ifugao, na ilha de Luzon.

Ifugao, Filipinas – 11 de maio de 2024 – Uma onda de calor persistente nas Filipinas está afetando um local declarado Patrimônio Mundial da UNESCO. Uma seca causada pelo calor abrasador atingiu os Terraços de Arroz das Cordilheiras Filipinas, localizados na Província de Ifugao, na ilha de Luzon. Os terraços são uma paisagem cultural viva que remonta a 2.000 anos.

A cidade de Mayoyao, onde está localizada uma parte dos terraços de arroz, está entre as mais de 200 cidades e municípios onde foi declarado estado de calamidade devido ao efeito devastador da seca prolongada.

O calor abrasador é atribuído ao fenômeno El Niño. Alguns agricultores dizem que não podem colher o arroz que plantaram em fevereiro.

Um agricultor afirmou: “As ervas daninhas estão crescendo agora porque não há mais água. As lavouras de arroz estão atrofiadas. Elas não estão crescendo adequadamente.”

O ministério da agricultura das Filipinas estima que, até o final de abril, os danos agrícolas causados ​​pela onda de calor tenham chegado a cerca de 103 milhões de dólares.

Manila registrou uma temperatura de 38,8 graus Celsius em 27 de abril, a mais alta em mais de 100 anos. O calor extremo também está interrompendo as aulas e o abastecimento de água em Manila e outras partes do país.