5.7 C
Kóka
quinta-feira, 2024/04/25  7:52
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Coordenação em andamento para o Primeiro-Ministro Kishida participar da cúpula da OTAN em julho

Administração Biden planeja convidar o Primeiro-Ministro japonês Kishida Fumio para participar das conversações da cúpula da OTAN em Washington, em julho.

Tóquio, Japão, 31 de março de 2024 (Kyodo) – A administração do presidente dos EUA, Joe Biden, está planejando convidar o Primeiro-Ministro japonês, Kishida Fumio, para participar das conversações da cúpula da OTAN a serem realizadas em Washington, em julho.

Fontes diplomáticas afirmam que há uma coordenação em andamento entre a administração Biden e o governo japonês.

Os chefes dos países membros da OTAN devem trocar opiniões sobre a situação na Ucrânia, à medida que a invasão russa continua.

A aliança militar da OTAN está vigilante quanto ao aumento da cooperação entre Rússia e China desde o início da invasão russa há mais de dois anos. A OTAN busca laços mais fortes com suas nações parceiras na região do Indo-Pacífico – Japão, Coreia do Sul, Austrália e Nova Zelândia.

Kishida participou das duas últimas reuniões da cúpula da OTAN a convite da aliança.

A administração Biden aparentemente está tentando conter Rússia e China ao convidar o Primeiro-Ministro japonês para a cúpula EUA-Japão programada para 10 de abril e para a cúpula da OTAN em julho.

A administração acredita que a segurança da Europa e do Indo-Pacífico é indivisível.