5.7 C
Kóka
quinta-feira, 2024/04/25  8:35
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Níveis de CO2 no Japão atingem recordes em todos os pontos de monitoramento em 2023

Agência Meteorológica do Japão reporta que os níveis de dióxido de carbono atingiram altas históricas em todos os pontos de observação do país no ano passado.

Tóquio, Japão, 30 de março de 2024 (NHK) – A Agência Meteorológica do Japão informou que os níveis de dióxido de carbono atingiram altas recordes em todos os pontos de observação em todo o país no ano passado. O CO2 é conhecido por ser um dos principais gases do efeito estufa responsáveis pelo aquecimento global.

A agência tem monitorado os níveis de CO2 em três locais terrestres: na cidade de Ofunato, na prefeitura de Iwate; na ilha mais ocidental de Yonaguni, na prefeitura de Okinawa; e na ilha mais oriental de Minamitorishima, na cadeia de ilhas Ogasawara.

A média anual foi de 425 ppm em Ofunato, 424,4 ppm em Yonaguni e 421,8 ppm em Minamitorishima. Todos os valores aumentaram em relação às altas históricas registradas no ano anterior.

As concentrações de CO2 no Japão têm aumentado constantemente desde que a agência começou a coletar dados em Ofunato em 1987.

Além disso, a agência monitora os níveis de CO2 a cerca de seis quilômetros acima do mar a sudeste do Japão. A média do ano passado também atingiu o recorde de 420,6 ppm.

Em uma área da superfície do mar no Oceano Pacífico, a média de CO2 foi de 422,9 ppm no ano passado, também a mais alta já registrada.

A agência afirma que os níveis de CO2 continuam a subir apesar das medidas para reduzir as emissões de gases de efeito estufa, e que os esforços para mitigar o aquecimento global devem continuar urgentemente.