5.7 C
Kóka
quinta-feira, 2024/04/25  8:06
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Investigação sobre desabamento de ponte em Baltimore pode levar até 2 anos, dizem autoridades de segurança americanas

Autoridades dos Estados Unidos alertam para a extensão do tempo necessário para investigar o desabamento de uma ponte em Baltimore, estado oriental de Maryland.

Baltimore, Maryland, EUA, 29 de março de 2024 (EFE) – A Junta Nacional de Segurança nos Transportes dos Estados Unidos (National Transportation Safety Board – NTSB) informou que a investigação sobre o desabamento da ponte em Baltimore, no estado de Maryland, poderia levar até dois anos para ser concluída.

Uma parte significativa da Ponte Francis Scott Key desabou nas primeiras horas da terça-feira (26), após um grande navio de carga colidir com uma de suas colunas. Os corpos de dois dos seis trabalhadores da construção civil desaparecidos foram recuperados na quarta-feira (27).

Autoridades federais de segurança disseram em uma coletiva de imprensa na quarta-feira que o registrador de dados de viagem do navio Dali foi recuperado. O dispositivo normalmente contém informações de localização e comunicações verbais.

A NTSB informou que as seis horas de dados do VDR incluíam gravações do piloto do navio relatando uma perda de energia.

Oficiais da NTSB disseram que uma inspeção de segurança realizada em maio do ano passado mostrou que a ponte estava em condições satisfatórias. No entanto, eles destacaram que havia um risco potencial de colapso da ponte se ela estivesse parcialmente danificada.

A NTSB está analisando os dados e entrevistando membros da tripulação. Disseram que a investigação pode levar de 12 a 24 meses.

O Secretário de Transportes, Pete Buttigieg, disse em uma coletiva de imprensa na Casa Branca que “reconstruir não será rápido, fácil ou barato.”

Para minimizar o impacto nas cadeias de abastecimento, Buttigieg disse que a administração ajudará a reabrir o Porto de Baltimore o mais rápido possível.