12 C
Kóka
sexta-feira, 2024/03/01  7:12
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Empresa de Osaka supostamente exporta navio para o Irã após declaração falsa na alfândega

Fontes de investigação afirmam que a polícia japonesa está investigando uma empresa sob suspeita de exportar um navio porta-contêineres para o Irã após declarar falsamente às autoridades aduaneiras que venderia a embarcação para os Emirados Árabes Unidos.

Osaka, Japão – 08 de fevereiro de 2024 – Fontes de investigação afirmam que a polícia japonesa está sondando uma empresa com sede em Osaka sob suspeita de exportar um navio porta-contêineres para o Irã após fazer uma declaração falsa às autoridades aduaneiras, alegando que venderia a embarcação para os Emirados Árabes Unidos.

Segundo as fontes, a polícia suspeita que a empresa cometera a falsa declaração em 2021, violando a lei alfandegária. A firma atua como intermediária na venda e compra de embarcações.

As fontes adicionam que os dados de localização do navio e outras informações sugerem que a empresa exportou a embarcação para o Irã.

O navio, concluído em 1997, era de propriedade de entidades, incluindo um órgão administrativo incorporado chamado Agência de Construção, Transporte e Tecnologia Ferroviária do Japão. Posteriormente, a empresa comprou o navio por meio de licitação competitiva.