12.1 C
Kóka
terça-feira, 2024/02/27  2:03
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Líderes do G7 reafirmaram apoio “compartilhado e inabalável” à Ucrânia diz Biden

O presidente dos EUA, Joe Biden, disse que os líderes do G7 reafirmaram um "compromisso compartilhado e inabalável" de apoiar a Ucrânia contra a contínua invasão russa.

Líderes do G7 reafirmaram apoio “compartilhado e inabalável” à Ucrânia diz Biden

O presidente dos EUA, Joe Biden, disse que os líderes do G7 reafirmaram um “compromisso compartilhado e inabalável” de apoiar a Ucrânia contra a contínua invasão russa.

Biden falou aos repórteres após o encerramento da cúpula do G7 em Hiroshima.

Biden disse que os países do G7 continuarão a “apoiar o corajoso povo da Ucrânia em sua defesa contra a brutal guerra de agressão e os crimes de guerra da Rússia”.

Ele enfatizou que os Estados Unidos lançarão novos esforços com parceiros para treinar pilotos ucranianos em aviões de combate de quarta geração, incluindo o F-16, para fortalecer a força aérea da Ucrânia como parte de um compromisso de longo prazo com a capacidade do país de se defender.

Biden também falou sobre a abordagem do G7 com relação à China.

Ele disse: “Não estamos querendo nos separar da China. Estamos procurando diminuir o risco e diversificar nosso relacionamento com a China”.

Ele disse que os países do G7 tomariam medidas para diversificar suas cadeias de suprimentos para não dependerem de um único país e resistirem juntos à coerção econômica.

Ele também expressou esperança de um degelo em breve nas relações geladas de seu país com Pequim.

Referindo-se à sua visita ao Museu Memorial da Paz de Hiroshima, Biden prometeu nunca cessar os esforços para construir a paz e continuar a trabalhar para alcançar um mundo sem a ameaça de armas nucleares.