9.7 C
Kōnan
domingo, 24 de janeiro de 2021

Japão declarará estado de emergência em 7 províncias

O Primeiro-Ministro Abe Shinzo informa que irá declarar o estado de emergência devido ao surto do coronavírus chinês para Tóquio e seis outras prefeituras já nesta terça-feira (7).

Últimas Estatísticas do Coronavírus no Japão

Japão declarará estado de emergência em 7 províncias

O Primeiro-Ministro Abe Shinzo informa que irá declarar o estado de emergência devido ao surto do coronavírus chinês para Tóquio e seis outras prefeituras já nesta terça-feira (7).

A declaração abrangerá Tóquio, Kanagawa, Saitama, Chiba, Osaka, Hyogo e Fukuoka. Espera-se que esteja em vigor durante cerca de um mês.

Abe disse aos jornalistas nesta segunda-feira (6) que o chefe de um painel consultivo, Omi Shigeru, recomendou que ele se preparasse para emitir uma declaração de emergência.

Omi citou o crescente número de infectados em Tóquio, Osaka e outras grandes cidades e o risco de que os serviços de saúde sejam sobrecarregados.

Abe afirmou que a declaração terá como objetivo ajudar a minimizar o contato entre pessoas e a melhorar o ambiente dos cuidados de saúde.

Sublinhou que não serão impostos bloqueios como aconteceu em algumas cidades estrangeiras, sugerindo que os transportes públicos, supermercados e outras empresas essenciais no Japão continuarão a funcionar.

Abe acrescentou que a resposta do Japão ao surto permanece inalterada, ou seja, pedir às pessoas que evitem locais fechados e lotados, bem como o contato próximo com outros, mantendo simultaneamente as atividades econômicas e sociais. Abe apelou aos residentes das sete prefeituras para que respondessem com calma.

A declaração dará aos governadores das províncias o poder de solicitar aos residentes que se abstenham de saídas não essenciais.

Os governadores poderão também pedir aos residentes que cooperem com medidas destinadas a impedir a propagação do vírus.

Os governadores poderão solicitar ou ordenar o fechamento de escolas e restrições ao funcionamento de estabelecimentos comerciais, cinemas e outros locais onde muitas pessoas se reúnem.

Serão igualmente autorizados a utilizar terrenos e edifícios sem o consentimento dos seus proprietários para construir instalações médicas temporárias.

Em caso de emergência, os governadores podem solicitar ou encomendar a empresas de logística a entrega de material e equipamento médico. Podem também expropriar o material médico, se necessário.

SourceNHK World

Artigos relacionados

Previsão de mais neve na região central de Tóquio

Previsão de mais neve na região central de Tóquio Autoridades meteorológicas do Japão estão alertando para mais neve nas áreas ao redor de Tóquio, principalmente...

Chefes de Defesa do Japão e EUA conversam sobre a Ásia por telefone

Chefes de Defesa do Japão e EUA conversam sobre a Ásia por telefone O Ministro da Defesa japonês, Kishi Nobuo, e o Secretário de Defesa...

China conceder poder à guarda costeira para usar armas

China conceder poder à guarda costeira para usar armas A partir de 1º de fevereiro, os navios da guarda costeira serão autorizados a retirar à...

ÁSIA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - BRASIL

Fiocruz libera vacina de Oxford para distribuição aos estados

0
Fiocruz libera vacina de Oxford para distribuição aos estados A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) liberou neste sábado (23), para distribuição aos estados, as doses da...
Translate »