5.4 C
Kōnan
sexta-feira, 4 de dezembro de 2020

Brasil e Catar assinam acordo de isenção de visto

O Brasil e o Catar assinaram, nesta segunda-feira (28), acordo para a isenção de visto de entrada nos países de turistas, pessoas em trânsito ou em viagens de negócios. A medida é recíproca. Esse é um dos seis acordos firmados durante a vista do presidente Jair Bolsonaro ao país. Ele foi recepcionado em Doha pelo emir do Catar, Xeique Tamin Bin Hamad Al Thani, no Palácio Real, onde firmaram acordos de cooperação em áreas como defesa, saúde e serviços aéreos.

Estatística COVID19 - Coronavírus

Total Global
Última atualização em:
Casos

Mortes

Recuperados

Active

Casos Today

Mortes Today

Critical

Affected Countries

Putin ordena vacinações em massa na Rússia contra o coronavírus chinês

Putin ordena vacinações em massa na Rússia contra o coronavírus chinês O presidente russo, Vladimir Putin, ordenou vacinações em massa contra o novo coronavírus chinês,...

China divulga as primeiras exportações atingidas pelos novos controles

China divulga as primeiras exportações atingidas pelos novos controles A China divulgou os primeiros produtos a serem atingidos por sua nova lei que controla as...

Putin preocupado com a instabilidade dentro da CSTO

Putin preocupado com a instabilidade dentro da CSTO O presidente russo, Vladimir Putin, expressou preocupação com a contínua agitação nas antigas repúblicas soviéticas aliadas que...

Lei norte-americana de exclusão enviada para a Casa Branca

Lei norte-americana de exclusão enviada para a Casa Branca A legislação que poderia retirar ações de empresas chinesas das bolsas americanas foi enviada ao Presidente...

Trump pede uma “auditoria forense completa” das cédulas do correio

Trump pede uma "auditoria forense completa" das cédulas do correio O Presidente Donald Trump pediu, nesta quarta-feira (2), uma auditoria forense completa dos votos por...

Brasil e Catar assinam acordo de isenção de visto

O Brasil e o Catar assinaram, nesta segunda-feira (28), acordo para a isenção de visto de entrada nos países de turistas, pessoas em trânsito ou em viagens de negócios. A medida é recíproca. Esse é um dos seis acordos firmados durante a vista do presidente Jair Bolsonaro ao país. Ele foi recepcionado em Doha pelo emir do Catar, Xeique Tamin Bin Hamad Al Thani, no Palácio Real, onde firmaram acordos de cooperação em áreas como defesa, saúde e serviços aéreos.

Os dois países também pretendem concluir um acordo para exploração de serviços aéreos entre seus territórios. Além disso, com base na experiência brasileira em sediar a Copa do Mundo de 2014, o Brasil vai cooperar com o Catar para a realização de grandes eventos esportivos. O país do Oriente Médio vai sediar a competição em 2022.

Ainda foi assinado acordo de cooperação entre as academias diplomáticas dos dois países, inclusive para o intercâmbio de estudantes diplomatas. No Brasil, a instituição responsável pela formação de diplomatas é o Instituto Rio Branco. No campo da saúde, Brasil e Catar intensificarão a colaboração em áreas de interesse mútuo.

Já na área de defesa, os dois países assinaram acordo para pesquisa e desenvolvimento, apoio logístico, medicina militar e fornecimento de produtos e serviços de defesa, além de intensificar a troca de conhecimentos e experiências sobre organização e operações das Forças Armadas, incluindo operações de manutenção da paz. O Brasil já participou de mais de 50 operações de paz e missões de paz das Nações Unidas.

O Catar é penúltimo país a ser visitado pelo presidente Bolsonaro, que já esteve no Japão, China e Emirados Árabes Unidos para divulgar as reformas que o governo está empreendendo no campo econômico e as oportunidades de negócios no Brasil. Além de encontro com autoridades, o presidente participou de um seminário empresarial.

Ainda nesta segunda-feira, a comitiva presidencial segue para Riade, na Arábia Saudita, onde será recepcionado pelo príncipe herdeiro do país, Mohammed bin Salman. No Oriente Médio, o objetivo de Bolsonaro e seus ministros é atrair investidores, em especial para os projetos de concessões e privatizações do Programa de Parcerias de Investimentos. Os países dessa região são donos de grandes fundos soberanos em busca de oportunidades em países emergentes.

Artigos relacionados

Anvisa divulga regras para autorização emergencial de vacina

Anvisa divulga regras para autorização emergencial de vacina A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou nesta quarta-feira (2), critérios para uma modalidade especial de...

Ministério vai buscar vacina de excelência, diz Pazuello no Congresso

Ministério vai buscar vacina de excelência, diz Pazuello no Congresso O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse nesta quarta-feira (2) que o ministério busca uma vacina...

Câmara aprova MP que destina R$ 1,995 bi para compra de vacina

Câmara aprova MP que destina R$ 1,995 bi para compra de vacina O plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (2) a Medida Provisória 994/20,...

ÁSIA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - BRASIL

Anvisa divulga regras para autorização emergencial de vacina

0
Anvisa divulga regras para autorização emergencial de vacina A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou nesta quarta-feira (2), critérios para uma modalidade especial de...
Translate »