“Brincando Com Ódio”, novo disco do Seu Juvenal

“Brincando com Ódio” é o novo álbum de estúdio da banda mineira de rock errado Seu Juvenal. Gravado no estúdio Sonastério, “Brincando Com Ódio” foi financiado com recursos do Funcult, sendo lançado no dia 17 de Julho. Sucessor do super elogiado “Rock Errado” de 2015, o álbum reúne oito músicas inéditas: “Chamem As Crianças Pra Brincar”, “Depois do Ódio”, “Fogo na Própria Carne”, “Em Seu Sorriso cabe o Carnaval”, “Bloco da Vergonha”, “Hino Nacional”, “Igrejas”, “Montanhas”, além de “O Pior Cego” como bônus exclusiva da versão física.

Todas as faixas foram gravadas no estúdio Sonastério em Nova Lima/MG, um dos maiores estúdios em qualidade sonora e área construída do Brasil, por onde já passaram artistas renomados como Milton Nascimento, Ney Matogrosso, Skank, Seu Jorge, Criolo, Iza, Gal Costa, entre muitos outros.

“Brincando com Ódio” foi financiado com recursos do Funcult, edital de fomento à produção artística e cultural do Fundo Municipal de Cultura de Ouro Preto/MG, do qual o Seu Juvenal foi vencedor.

Para o guitarrista Edson Zacca, “Brincando com Ódio” consolida uma busca sonora que vem desde a primeira demo-tape do Seu Juvenal.

“Optamos por gravar ao vivo em estúdio pois desde nosso primeiro álbum a intenção era produzir um disco que chegasse mais próximo possível da forma como o Seu Juvenal soa ao vivo. E uma grande referência para esse novo trabalho será nossa primeira demo tape lançada em 1997, “Cyberjecas no Sertão da Farinha Podre”, cujas bases foram gravadas ao vivo em estúdio e que nos soa muito bem até hoje, passados 20 anos. Escolhemos também o Sonastério por ser um estúdio grande, plural em termos de tecnologia analógica, nos possibilitando uma gama de opções. Fomos atrás de uma sonoridade crua, punk, madura e verdadeira, que não se esconde atrás de plug-ins ou afinadores. Brincando com Ódio é um disco que mostra uma banda real.”

Para ouvir “Brincando com Ódio”, acesse:
Spotify: https://spoti.fi/2CP7SkT
Deezer: https://bit.ly/3eIsqJc
iTunes: https://apple.co/3jhgiSQ
Amazon: https://amzn.to/2Cm4G0p
Youtube: https://bit.ly/3jcLymb

Além do guitarrista Edson Zacca, o Seu Juvenal também é formado pelo baixista Fabiano Minimim, o vocalista Bruno Bastos e o baterista Renato Zaca.

Mais Informações:
www.seujuvenal.com.br
www.facebook.com/seujuvenalmg
www.twitter.com/seujuvenalmg
www.soundcloud.com/seujuvenal
www.youtube.com/seujuvenalmg

Press Release e Gestão Cultural:
Eliton Tomasi – SOM DO DARMA
[email protected]
www.somdodarma.com.br
(15) 99134-3443

Informações para Imprensa:
Susi dos Santos – SOM DO DARMA
[email protected]
www.somdodarma.com.br
(15) 99117-6613
Crédito Foto: Sara Magnabosco

Da Redação by Cleo Oshiro
Artigo anteriorGuilherme & Benuto atingem 100 milhões de visualizações com a música “3 batidas”
Próximo artigoThainara & Thatiane lançam a música “Quarentena”
Cleo Oshiro
Sou a Cleo Oshiro, uma mineira que no ano de 2002 optou por viver no Japão com a família. Em 2010 a Revista GVK Internacional no Brasil, especializada em karaokê, me descobriu no Orkut e através da minha paixão pela música e karaokê, decidiram fazer uma matéria sobre minha vida aqui no Japão, afinal foi aqui na cidade de Kobe que ele surgiu e se espalhou pelo mundo. Com a repercussão da matéria, eles me convidaram para ser a Correspondente Internacional da revista no Japão e aceitei o desafio e não parei mais. Fui Colunista Social por 2 anos no Portal Mie/Japão, da Revista Baladas Internacional/ Suiça, na BDCiTV/EUA e na Revista Biografia/ Brasil, realizando entrevistas com várias personalidades do meio artístico. Minhas matérias são para divulgar o trabalho dos artistas, sem apelos sensacionalistas, mesmo porque meu foco é mostrar a imensidão de talentos espalhados pelo mundo sejam famosos ou não. Atualmente faço parte da equipe da Rádio Shiga, onde faço matérias artísticas e sou a idealizadora do programa musical The Best Of Brazilian Music em parceria com o Omote-san. O programa foi suspenso devido problemas interno, mas o tempo em que esteve no ar levava a música brasileira à outros países da Asia. O programa The Best Of Brazilian Music era apresentado em inglês pela DJ Shine Dory, uma filipina apaixonada pela MPB e Bossa Nova. A escolha pelo idioma foi para alcançar japoneses e estrangeiros que vivem no Japão, já que inglês é um idioma universal e os brasileiros já contavam com o acesso as informações dos artistas através das matérias publicadas por mim no site