Mais 41 casos confirmados de coronavírus a bordo do navio de cruzeiro aportado em Yokohama

O surto de coronavírus está desafiando governos e autoridades de saúde em todo o mundo. Cerca de 200 pessoas foram evacuadas para o Japão nesta sexta-feira da cidade chinesa de Wuhan.

Image © (Navio de cruzeiro Diamond Princess / Reprodução / via Asia Nikkei) Feb/2020

Mais 41 casos confirmados de coronavírus a bordo do navio de cruzeiro aportado em Yokohama

O surto de coronavírus está desafiando governos e autoridades de saúde em todo o mundo. Cerca de 200 pessoas foram evacuadas para o Japão nesta sexta-feira da cidade chinesa de Wuhan.

Mais passageiros a bordo de um navio de cruzeiro, no Porto de Yokohama, foram confirmados como portadores do vírus, e milhares de outros permanecem em quarentena. Saori Yamamoto, da NHK World, apresenta este relatório de Yokohama.

Estas não são as férias que os passageiros do Diamond Princess tinham esperado.

Equipes de pessoal médico com equipamento de proteção completo juntaram-se ao cruzeiro marítimo. Eles estão aqui para recolher mais 41 passageiros que têm o coronavírus.

Eles incluem 21 japoneses, oito americanos, cinco australianos e cinco canadenses, elevando o total de casos no navio para 61.

O governo diz que ninguém está em estado grave. Os novos casos serão enviados para instalações médicas.

Para os quase 3.700 outros no navio, eles terão que esperar. O navio está sob quarentena desde segunda-feira (3), e permanecerá assim por mais 10 dias.

Os passageiros estão, na sua maioria, confinados aos seus aposentos. Alguns dizem que estão ficando sem medicamentos. Para a maioria deles, a maior preocupação é a incerteza. As férias já deviam ter terminado, mas ainda vai demorar algum tempo até que possam partir.

Um quarto voo fretado organizado pelo governo japonês voltou de Wuhan nesta sexta-feira com 198 pessoas.

O Ministério da Saúde do Japão quer evitar a propagação do vírus. Diz que todos os evacuados serão testados, independentemente de terem ou não sintomas.