27.8 C
Kōnan
sábado, 15 de agosto de 2020

Promotores libaneses planejam interrogar Ghosn

Promotores libaneses planejam interrogar o ex-presidente da Nissan, Carlos Ghosn, que recentemente faltou à fiança e fugiu do Japão.

Estatística COVID19 - Coronavírus

Total Global
Última atualização em:
Casos

Mortes

Recuperados

Active

Casos Today

Mortes Today

Critical

Affected Countries

China critica EUA por controle nos Institutos Confucius

China critica EUA por controle nos Institutos Confucius A China reagiu fortemente à decisão do governo americano de impor controles mais rígidos sobre os programas...

Koike pede apoio do governo para o atendimento médico do coronavírus chinês

Koike pede apoio do governo para o atendimento médico do coronavírus chinês A governadora de Tóquio, Koike Yuriko, pediu ao governo central para ajudar a...

Trump critica prisão do proprietário do Apple Daily de Hong Kong

Trump critica prisão do proprietário do Apple Daily de Hong Kong O presidente americano Donald Trump criticou a prisão, no início desta semana, do fundador...

Tóquio confirma 389 novos casos de infecção por coronavírus chinês nesta sexta-feira (14)

Tóquio confirma 389 novos casos de infecção por coronavírus chinês nesta sexta-feira (14) O Governo Metropolitano de Tóquio diz ter confirmado 389 novos casos de...

Os palestinos reagem com firmeza ao acordo Israel-UAE

Os palestinos reagem com firmeza ao acordo Israel-UAE Os palestinos reagiram fortemente contra o acordo entre Israel e os Emirados Árabes Unidos para normalizar os...

Promotores libaneses planejam interrogar Ghosn

Promotores libaneses planejam interrogar o ex-presidente da Nissan, Carlos Ghosn, que recentemente faltou à fiança e fugiu do Japão.

A agência de notícias estatal do Líbano informou que os promotores planejam ouvir Ghosn nesta quinta-feira (9). Isso segue um aviso de procura internacional da Interpol para ele, como solicitado pelo Japão.

O ministro de justiça libanês Albert Aziz Serhan disse à NHK na semana passada que o país tinha recebido o aviso, e as autoridades conduziriam uma investigação baseada na lei libanesa.

Ghosn realizou uma conferência de imprensa em Beirute na Quarta-feira. Ele foi questionado sobre a possibilidade de ser enviado de volta ao Japão.

Ele disse que não tem nenhuma garantia de que não será extraditado, mas acredita que a lei é honrada no Líbano.

O Líbano não tem um tratado de extradição com o Japão, e tem uma lei que o proíbe a entregar cidadãos a outros países.

Ghosn foi indiciado no Japão sob acusações de má conduta financeira.

SourceNHK World

Artigos relacionados

Vazamento de petróleo nas Ilhas Mauritius pode danificar eco-sistema local

Vazamento de petróleo nas Ilhas Mauritius pode danificar eco-sistema local Está aumentando a preocupação de que um vazamento de petróleo ao largo das Ilhas Mauritius...

Koike pede apoio do governo para o atendimento médico do coronavírus chinês

Koike pede apoio do governo para o atendimento médico do coronavírus chinês A governadora de Tóquio, Koike Yuriko, pediu ao governo central para ajudar a...

Trump critica prisão do proprietário do Apple Daily de Hong Kong

Trump critica prisão do proprietário do Apple Daily de Hong Kong O presidente americano Donald Trump criticou a prisão, no início desta semana, do fundador...

ÁSIA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - BRASIL

Thainara & Thatiane lançam a música “Quarentena”

0
Thainara & Thatiane lançam a música “Quarentena” No mês de Julho, Thainara & Thatiane lançaram sua música de trabalho, “Quarentena”, composição da própria dupla, em...
Translate »