Promotores libaneses planejam interrogar Ghosn

Promotores libaneses planejam interrogar o ex-presidente da Nissan, Carlos Ghosn, que recentemente faltou à fiança e fugiu do Japão.

Image © (Ex-CEO da Nissan Motor, Carlos Ghosn / Reprodução / via Agência Brasil) Jan/2019

Promotores libaneses planejam interrogar Ghosn

Promotores libaneses planejam interrogar o ex-presidente da Nissan, Carlos Ghosn, que recentemente faltou à fiança e fugiu do Japão.

A agência de notícias estatal do Líbano informou que os promotores planejam ouvir Ghosn nesta quinta-feira (9). Isso segue um aviso de procura internacional da Interpol para ele, como solicitado pelo Japão.

O ministro de justiça libanês Albert Aziz Serhan disse à NHK na semana passada que o país tinha recebido o aviso, e as autoridades conduziriam uma investigação baseada na lei libanesa.

Ghosn realizou uma conferência de imprensa em Beirute na Quarta-feira. Ele foi questionado sobre a possibilidade de ser enviado de volta ao Japão.

Ele disse que não tem nenhuma garantia de que não será extraditado, mas acredita que a lei é honrada no Líbano.

O Líbano não tem um tratado de extradição com o Japão, e tem uma lei que o proíbe a entregar cidadãos a outros países.

Ghosn foi indiciado no Japão sob acusações de má conduta financeira.