Navios da Coreia do Norte contrabandearam carvão para o Japão mais de 100 vezes em 2 anos

Embarcações da Coreia do Norte desembarcaram em portos do Japão com carregamentos ilegais de carvão mais de 100 vezes nos últimos dois anos, contornando sanções impostas pela ONU.

Image © (Ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un, em um programa de notícias na televisão trnasmitido na Coreia do Sul / Reprodução / via Agência Sputnik) Oct/2019

Navios da Coreia do Norte contrabandearam carvão para o Japão mais de 100 vezes em 2 anos

Embarcações da Coreia do Norte desembarcaram em portos do Japão com carregamentos ilegais de carvão mais de 100 vezes nos últimos dois anos, contornando sanções impostas pela ONU.

A informação foi publicada neste domingo (20) pela agência de notícias Kyodo. As fontes para a investigação foram dados de empresas de rastreio de rotas marítimas e a Guarda Costeira do Japão.

Ainda de acordo com a publicação, os navios norte-coreanos, na maior parte das vezes disfarçados com bandeiras do Panamá, também entraram em portos na Rússia e na China e conseguiram despistar as autoridades locais.

Em 2017, o Conselho de Segurança da ONU adotou a Resolução 2371, que proibiu Pyongyang de fornecer, vender ou transferir carvão, ferro, minério de ferro, frutos do mar, chumbo e minério de chumbo para outros países.

A resolução foi adotada pelos cinco membros permanentes e quinze não permanentes do Conselho de Segurança em resposta aos testes nucleares da Coreia do Norte naquele ano.

Além desta medida, a ONU editou outras cinco resoluções anteriores para desencorajar Pyongyang de continuar desenvolvendo seu programa nuclear e realizando novos testes balísticos.