28 C
Kóka
sábado, 2024/07/20  9:50
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Ataque russo mata 33 na Ucrânia e atinge hospital infantil

Mísseis atingem Kyiv e regiões do leste, causando destruição.

Kyiv, Ucrânia, 09 de julho de 2024 – Agência de Notícias Ukrinform – A Rússia lançou um ataque massivo contra a Ucrânia nesta segunda-feira (8), resultando na morte de 33 pessoas e causando danos significativos a um hospital infantil em Kyiv. O ataque atingiu diversas áreas, incluindo a capital Kyiv e as regiões orientais de Dnipropetrovsk e Donetsk.

Em Kyiv, mísseis atingiram edifícios residenciais e outras estruturas em sete distritos do centro da cidade. Autoridades relatam que 22 pessoas foram mortas e mais de 70 ficaram feridas na capital. O hospital infantil Okhmatdyt também foi alvo do ataque, resultando em duas mortes e dez feridos.

As autoridades de segurança ucranianas denunciaram a Rússia por atingir o hospital com um míssil de cruzeiro. Um médico presente no momento do ataque relatou à NHK ter ouvido uma forte explosão e quase ter sido atingido por estilhaços de vidro. Ele descreveu o ataque como um “enorme ato criminoso”.

O Ministério da Defesa russo afirmou em comunicado que suas forças atacaram instalações da indústria militar ucraniana e bases aéreas com armas de precisão de longo alcance, alegando ser uma resposta às tentativas ucranianas de atacar instalações energéticas dentro da Rússia.

A Força Aérea ucraniana informou ter interceptado 30 dos 38 mísseis russos lançados. O presidente ucraniano Volodymyr Zelenskyy pediu em suas redes sociais que “o mundo inteiro use toda sua determinação para finalmente pôr fim aos ataques russos”.

Este ataque representa uma escalada significativa no conflito, destacando a vulnerabilidade de civis e infraestruturas críticas. A comunidade internacional enfrenta crescente pressão para intensificar esforços diplomáticos e buscar uma resolução pacífica para o conflito em curso.

Radio Shiga
Siga-nos
Últimos posts por Radio Shiga (exibir todos)