25.6 C
Kóka
quinta-feira, 2024/06/20  5:33
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Realizada cerimônia no Japão em homenagem às vítimas do naufrágio de navio turco há 134 anos

Evento lembra tragédia que fortaleceu laços de amizade entre Japão e Turquia

Kushimoto, Wakayama, Japão, 11 de junho de 2024 (Agência de Notícias Kyodo) – Japoneses e turcos prestaram suas homenagens aos tripulantes que morreram quando um navio turco naufragou na costa da província de Wakayama, no oeste do Japão, há 134 anos.

O Ertugrul, um navio à vela da marinha turca, naufragou perto da cidade de Kushimoto em 1890. Mais de 500 pessoas a bordo morreram, mas moradores locais resgataram outras 69. O incidente é considerado o início de um relacionamento amistoso entre os dois países.

Uma cerimônia de homenagem foi realizada na segunda-feira (10) em frente a um cenotáfio do incidente em uma colina com vista para o local do naufrágio. Cerca de 130 pessoas depositaram flores no memorial e fizeram uma oração em silêncio. Entre elas estava a Princesa Akiko de Mikasa, do Japão.

Muitas pessoas do lado turco viajaram em um navio da marinha que veio ao Japão para marcar o 100º ano das relações diplomáticas entre Japão e Turquia.

O embaixador turco no Japão, Korkut Gungen, disse estar feliz que Kushimoto seja a primeira parada deste navio da marinha no Japão, pois a cidade é um lugar especial para a Turquia. O embaixador também expressou esperança de que Turquia e Japão continuem a se ajudar mutuamente.

O prefeito de Kushimoto, Tashima Katsumasa, afirmou que trabalhará para manter a história de amizade que dura 100 anos.

O navio turco deixará Kushimoto na terça-feira (11) e visitará Tóquio e Hiroshima.

A cerimônia relembra um trágico incidente que fortaleceu os laços históricos de amizade entre Japão e Turquia, com os dois países compartilhando homenagens às vítimas do naufrágio de 1890.