27 C
Kóka
terça-feira, 2024/05/28  12:48
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Taiwan relata invasão de 11 navios chineses em águas próximas às Ilhas Kinmen

Taiwan denuncia a incursão de 11 navios do governo chinês em águas próximas às Ilhas Kinmen, apesar das restrições impostas pela ilha.

Taipei, Taiwan – 10 de maio de 2024 (NHK) – Taiwan informa que 11 navios do governo chinês invadiram suas águas próximas às Ilhas Kinmen. Taiwan efetivamente controla as ilhas e designa as águas ao redor delas como “restritas” e “proibidas”. Barra navios chineses de navegar nessas águas sem permissão.

A guarda costeira de Taiwan informa que sete navios do governo chinês, incluindo navios de assuntos marítimos e pesqueiros, invadiram águas restritas por volta das 15h de quinta-feira (9).

Ela diz que quatro navios da Guarda Costeira da China navegaram em águas proibidas e restritas por volta do mesmo horário.

A guarda costeira de Taiwan afirma que os 11 navios chineses permaneceram nas águas por cerca de 90 minutos, apesar dos avisos de suas embarcações de patrulha para que saíssem.

Esta é a quarta vez, em maio, que navios da Guarda Costeira da China navegam em formação na área. Acrescenta que esta é a primeira vez que navios da Guarda Costeira da China são acompanhados por embarcações de outras agências governamentais ao invadir as águas.

Em fevereiro, dois pescadores chineses morreram depois que seu barco virou enquanto era perseguido pela guarda costeira de Taiwan nas águas próximas às Ilhas Kinmen. A China respondeu dizendo que não há águas proibidas ou restritas.

Analistas dizem que a China está tentando aumentar a pressão sobre a administração de Lai Ching-te em Taiwan, que deve assumir o cargo em 20 de maio.