27 C
Kóka
terça-feira, 2024/05/28  12:56
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Ministros da OCDE alertam sobre coerção econômica

Preocupações sérias são expressas após reunião em Paris.

Paris, França, 4 de maio de 2024 – Ministros da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) concluíram uma reunião de dois dias em Paris com uma declaração expressando “sérias preocupações” sobre coerção econômica.

O Conselho Ministerial deste ano do grupo de 38 membros foi presidido pelo Japão. As conversações encerraram na sexta-feira (3).

Os ministros condenam a invasão da Rússia à Ucrânia “nos termos mais fortes possíveis”.

Eles também expressam “profunda preocupação” sobre os impactos negativos dos conflitos no Oriente Médio.

Os ministros afirmam seu compromisso com a construção de resiliência e segurança econômica.

A coerção econômica refere-se à prática de pressionar parceiros comerciais por meio de restrições ou tarifas.

Aparentemente com a China em mente, os ministros prometem garantir que “tentativas de tornar as dependências econômicas em armas falharão”.

A Ministra das Relações Exteriores do Japão, Kamikawa Yoko, disse que o Japão contribuiu para tornar as conversas frutíferas apesar do aprofundamento das divisões na comunidade global.

Ela acrescentou que a reunião lançou as bases para compartilhar ideias no campo da segurança econômica.