28.5 C
Kóka
quinta-feira, 2024/06/20  7:16
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Menina de 2 anos morre após ficar com o pescoço preso na janela elétrica de carro em Tóquio

Autoridades alertam para riscos de acidentes envolvendo janelas elétricas em veículos.

Tóquio, Japão, 22 de maio de 2024 (Agência de Notícias de Tóquio) – Uma menina de 2 anos morreu na terça-feira (21) em Tóquio após ter o pescoço preso na janela elétrica de um carro.

Oficiais do corpo de bombeiros disseram que receberam uma ligação de emergência na manhã de terça-feira de uma mulher que disse que o pescoço de sua filha estava preso na janela de um carro no bairro de Nerima. A mãe relatou que não conseguia tirá-la.

A menina foi levada a um hospital, mas foi confirmada como morta.

A mãe, na faixa dos 30 anos, disse à polícia que estava dirigindo o carro quando notou o acidente. Ela também relatou que deixou sua filha sentada em uma cadeirinha de segurança no banco traseiro do carro.

Um banco de dados mantido pela Agência de Assuntos do Consumidor e pelo Centro Nacional de Assuntos do Consumidor do Japão mostra que, desde setembro de 2009, houve pelo menos 12 casos de ferimentos envolvendo janelas elétricas.

Entre os acidentes, crianças menores de 10 anos estiveram envolvidas em sete casos. Em 2015, o dedo de uma menina foi decepado após ficar preso em uma janela de carro, e em 2010 um bebê ficou inconsciente após ter o pescoço preso em uma janela de carro.

A Agência de Crianças e Famílias diz em seu site que é necessária cautela para evitar acidentes envolvendo janelas elétricas, especialmente para crianças menores de 3 anos. A agência pede que os adultos se certifiquem de que o rosto e as mãos das crianças não estejam para fora das janelas ao fechá-las. Também recomenda o uso de trava de segurança para crianças para evitar que elas manipulem as janelas elétricas.