26.1 C
Kóka
terça-feira, 2024/05/28  12:13
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Líder de partido da oposição na Coreia do Sul desembarca nas Ilhas Takeshima

Presidente da recém-formada Rebuilding Korea Party visita ilhas controladas pela Coreia do Sul, reacendendo tensões com o Japão.

Seul, Coreia do Sul – 14 de maio de 2024 – O líder do segundo maior partido de oposição da Coreia do Sul desembarcou nas Ilhas Takeshima no Mar do Japão.

A Coreia do Sul controla as ilhas. O Japão as reivindica. O governo japonês mantém que as ilhas são uma parte inerente do território do país. Afirma que a Coreia do Sul está ocupando-as ilegalmente.

O novo partido Rebuilding Korea Party conquistou 12 assentos nas eleições gerais de abril. É liderado pelo ex-Ministro da Justiça Cho Kuk, que chegou ao que a Coreia do Sul chama de Ilhas Dokdo na tarde de segunda-feira (13). Cho estava acompanhado de autoridades relacionadas.

Cho leu uma declaração afirmando que as ilhas são território da Coreia do Sul.

Ele também criticou as políticas do presidente sul-coreano Yoon Suk-yeol em relação ao Japão.

Em abril, alguns membros do principal partido de oposição, o Partido Democrático, também foram nas ilhas. O partido, que conquistou a maioria nas eleições de abril, manifestou sua oposição às políticas do presidente Yoon em relação ao Japão. Disse que sua administração está fazendo muitas concessões ao país.

Após a visita de Cho às ilhas Takeshima, Namazu Hiroyuki, diretor-geral do Bureau de Assuntos Asiáticos e Oceânicos do Ministério das Relações Exteriores do Japão, telefonou para a embaixada sul-coreana em Tóquio na segunda-feira (13).

Ele disse ao diplomata sênior Kim Jang-hyun que o desembarque foi realizado à força, apesar do pedido de cancelamento do Japão.

Namazu disse que o desembarque foi totalmente inaceitável e extremamente lamentável, afirmando que as ilhas são uma parte inerente do território do Japão, à luz de fatos históricos e com base no direito internacional.

A embaixada japonesa em Seul fez uma protesto similar ao Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Sul.