5.7 C
Kóka
quinta-feira, 2024/04/25  7:27
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Rádio Free Asia anuncia fechamento de escritório em Hong Kong

Rádio cita preocupações com a segurança de sua equipe e repórteres sob a nova legislação de segurança nacional.

Hong Kong, China, 28 de março de 2024 (AP) – A Rádio Free Asia (RFA), apoiada pelo governo dos Estados Unidos, anunciou o fechamento de seu escritório em Hong Kong, citando preocupações com a segurança de sua equipe e repórteres sob a nova legislação de segurança nacional.

O anúncio foi feito na sexta-feira (29), uma semana após a entrada em vigor da legislação em Hong Kong.

Em comunicado, o presidente da RFA afirmou que as ações das autoridades de Hong Kong “levantam sérias questões sobre nossa capacidade de operar com segurança com a promulgação” da legislação de segurança nacional.

A legislação proíbe espionagem, interferência externa e roubo de segredos de Estado.

Críticos dos Estados Unidos, Europa e outros países afirmam que as definições da lei são amplas e vagas. Eles temem que possa ser usada arbitrariamente para prejudicar operações comerciais e reportagens da imprensa.

A RFA vinha veiculando relatos exclusivos sobre assuntos políticos e sociais relacionados a Hong Kong e à China continental. As autoridades de Hong Kong vinham acusando tais relatos de serem difamatórios.

O veículo de mídia afirma que “mudará para um modelo jornalístico diferente reservado para ambientes de mídia fechados” e expressou sua intenção de continuar veiculando relatos em Hong Kong, na China continental e em outros lugares.

A mídia local relata que funcionários da RFA em Hong Kong se mudarão para outros lugares, como Taiwan ou Washington.

Um número crescente de pessoas acredita que isso é um sinal de restrições mais rígidas à liberdade de expressão no território.