15.6 C
Kóka
terça-feira, 2024/02/27  1:26
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Tribunal russo prorroga detenção de jornalista do Wall Street Journal até o final de agosto

Um tribunal russo decidiu prorrogar a detenção de um repórter do Wall Street Journal até o final de agosto.

Tribunal russo prorroga detenção de jornalista do Wall Street Journal até o final de agosto

Um tribunal russo decidiu prorrogar a detenção de um repórter do Wall Street Journal até o final de agosto.

Uma agência de notícias estatal russa afirma que um tribunal de Moscou decidiu na terça-feira (23), que Evan Gershkovich deve ser mantido preso por mais três meses, até 30 de agosto.

O jornalista americano foi preso em março por, supostamente, tentar obter informações secretas. Posteriormente, ele foi acusado de espionagem, o que acarreta uma pena máxima de 20 anos de prisão.

Gershkovich negou todas as acusações, dizendo que estava apenas envolvido em atividades como jornalista. O governo dos EUA tem solicitado sua libertação imediata.

O Ministério das Relações Exteriores da Rússia disse em um comunicado divulgado na última sexta-feira (19), para anunciar medidas de retaliação contra as sanções dos EUA que Moscou havia negado mais uma vez o acesso consular ao jornalista.