25.6 C
Kóka
quinta-feira, 2024/06/20  5:15
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Taiwan é novamente excluída da assembléia anual da OMS

Taiwan não foi autorizada a participar da assembléia anual da Organização Mundial da Saúde como observadora, devido à oposição da China e de outros países.

Taiwan é novamente excluída da assembléia anual da OMS

Taiwan não foi autorizada a participar da assembléia anual da Organização Mundial da Saúde como observadora, devido à oposição da China e de outros países.

Taiwan foi excluída da assembléia em Genebra pelo sétimo ano consecutivo, depois que as autoridades dos países membros decidiram na segunda-feira (22), não considerar se Taiwan deveria ter permissão para participar da reunião. Taiwan não é membro da OMS, mas participou do encontro anual como observador por oito anos, até 2016.

Espera-se que a assembleia deste ano, que vai de 21 a 30 de maio, apresente discussões sobre as medidas que os países podem tomar para se preparar para uma futura pandemia.

Os países ocidentais demonstraram apoio à participação de Taiwan, citando suas conquistas na luta contra o coronavírus.

Os Estados Unidos disseram que a experiência em saúde pública e a tecnologia avançada de Taiwan trariam um valor considerável para a organização.

Durante uma reunião na segunda-feira, um representante do governo chinês disse que Taiwan faz parte do território chinês e que a questão deve ser considerada com base no princípio “Uma só China”.

O Ministério das Relações Exteriores de Taiwan, por sua vez, disse em um comunicado que se trata de uma questão de saúde pública e que a política não deve ser priorizada.