8 C
Kóka
terça-feira, 2024/04/23  4:10
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Japão e Paraguai concordam em buscar uma ordem internacional baseada no Estado de Direito

O ministro das relações exteriores do Japão e o novo presidente do Paraguai concordaram que as duas nações trabalharão juntas para reforçar a ordem internacional baseada no estado de direito.

Japão e Paraguai concordam em buscar uma ordem internacional baseada no Estado de Direito

O ministro das relações exteriores do Japão e o novo presidente do Paraguai concordaram que as duas nações trabalharão juntas para reforçar a ordem internacional baseada no estado de direito.

Hayashi Yoshimasa visitou o Paraguai na sexta-feira (5), na última etapa de sua viagem de cinco nações à América Latina e ao Caribe. Ele conversou com o presidente eleito, Santiago Pena, por cerca de uma hora.

Hayashi disse que o Paraguai é um amigo de longa data do Japão, com 10.000 pessoas de ascendência japonesa no país, e um parceiro importante que compartilha valores e princípios. Ele disse que deseja continuar a fortalecer os laços bilaterais com o novo governo de Pena.

Pena venceu a eleição presidencial do último domingo e sua campanha incluiu a promessa de manter os laços com Taiwan.

O Paraguai é o único país da América do Sul que ainda mantém laços diplomáticos com Taiwan, apesar da crescente assertividade da China.

Hayashi também se reuniu com o ministro das relações exteriores do Paraguai, Julio Cesar Arriola Ramirez, no início do dia.

Com relação à diplomacia Japão-China, Hayashi disse que o Japão afirmará sua posição e pedirá a Pequim um comportamento responsável, enquanto busca cooperação bilateral para enfrentar desafios comuns.

Arriola expressou seu apoio aos esforços do Japão para realizar um Indo-Pacífico livre e aberto.

Hayashi disse, em uma coletiva de imprensa on-line, que levará em consideração o que ouviu de cada país para se preparar para as discussões na Cúpula do G7 em Hiroshima, programada para daqui a duas semanas.