8 C
Kóka
terça-feira, 2024/04/23  4:43
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Em discurso após o G7 Zelenskyy diz que a destruição de Bakhmut é semelhante à de Hiroshima

A participação do presidente ucraniano Volodymyr Zelenskyy na cúpula do G7 em Hiroshima foi um dos principais focos de atenção. Ele se reuniu com vários líderes de todo o mundo e também fez um discurso na cidade.

Em discurso após o G7 Zelenskyy diz que a destruição de Bakhmut é semelhante à de Hiroshima

A participação do presidente ucraniano Volodymyr Zelenskyy na cúpula do G7 em Hiroshima foi um dos principais focos de atenção. Ele se reuniu com vários líderes de todo o mundo e também fez um discurso na cidade.

Ele disse que a destruição na cidade ucraniana de Bakhmut e a devastação de Hiroshima pelo bombardeio atômico em 1945 pareciam semelhantes.

Mas ele acrescentou que, quando viu a Hiroshima de hoje, sentiu que era uma cidade viva e se sentiu confiante de que Bakhmut será reconstruída algum dia.

Zelenskyy disse que os invasores estão tentando não apenas colocar as pessoas sob seu controle, mas também dizendo mentiras de que os ucranianos não existem.

Ele disse que a proposta de paz de 10 pontos que a Ucrânia está promovendo funcionará como um meio de impedir futuros atos de agressão. Ele apresentou o plano de paz em novembro do ano passado, quando participou, on-line, da cúpula do G20 na Indonésia. O plano de paz inclui a garantia da segurança das usinas nucleares da Ucrânia, a restauração de sua integridade territorial e a retirada total das forças russas.

Em seu discurso em Hiroshima, Zelenskyy considerou sua viagem “um convite do primeiro-ministro Kishida e não uma visita surpresa”.

Ele disse que havia planejado participar da cúpula por meio de um link de vídeo, mas depois que foi decidido que ele participaria pessoalmente do encontro, sua visita não pôde ser anunciada com antecedência por motivos de segurança.

Ele também disse acreditar que precisava estar presente na cúpula, onde a Ucrânia seria o foco das atenções.

Ele acrescentou que a visita proporcionou uma oportunidade de avançar em áreas onde as discussões tiveram pouco progresso.

Perguntado sobre o que mais precisa do Japão, Zelenskyy respondeu que a Ucrânia precisa da tecnologia japonesa para a reconstrução pós-guerra.

Ele disse que a experiência do Japão em se recuperar da guerra é extremamente importante e que a Ucrânia precisa da tecnologia japonesa.