26.7 C
Kōnan
sexta-feira, 19 de agosto de 2022

Painel do FDA recomenda atualização de vacinas contra o coronavírus chinês

Um painel consultivo da U.S. Food and Drug Administration - FDA, recomendou que as vacinas de reforço do coronavírus chinês fossem atualizadas para visar a variante, altamente transmissível do Ômicron.

Últimas Estatísticas do Coronavírus no Japão

Painel do FDA recomenda atualização de vacinas contra o coronavírus chinês

Um painel consultivo da U.S. Food and Drug Administration – FDA, recomendou que as vacinas de reforço do coronavírus chinês fossem atualizadas para visar a variante, altamente transmissível do Ômicron.

Os conselheiros do comitê se reuniram na terça-feira (28), e votaram 19-2 que a próxima onda de reforço deveria incluir um componente visando a Omicron.

Eles discutiram se as vacinas, atualmente, em desenvolvimento para combater a variante deveriam ser usadas.

A FDA observou que as vacinas de reforço são necessárias à medida que as mesmas perdem sua eficácia com o tempo. Também disse que pode ser necessário alterar o projeto das vacinas para que elas possam combater melhor as variantes do vírus.

Os fabricantes de vacinas Pfizer e Moderna relataram os resultados dos testes clínicos em suas versões atualizadas projetadas contra a variante BA.1 Omicron. As duas empresas disseram que os dados mostraram que suas vacinas de reforço aumentaram significativamente os anticorpos neutralizantes nos receptores.

Alguns especialistas disseram que as vacinas, atualmente em uso como reforço, já são eficazes na prevenção de mortes e hospitalizações.

Outros disseram que as vacinas deveriam ser projetadas para visar não as variantes BA.1, mas as subvariantes BA.4 e BA.5. Essas subvariantes têm sido cada vez mais responsáveis pelos recentes surtos.

Espera-se que a FDA decida quais os impulsionadores a serem utilizados antes da próxima onda, que se prevê para o outono.

SourceNHK

Artigos relacionados

ÁSIA

spot_imgspot_img
Translate »