2.5 C
Kōnan
terça-feira, 18 de janeiro de 2022

Hackers atacam sites do governo ucraniano

Um ataque cibernético contra a Ucrânia derrubou dezenas de sites do governo em meio a tensões militares entre o antigo estado soviético e a Rússia.

Últimas Estatísticas do Coronavírus no Japão

Hackers atacam sites do governo ucraniano

Um ataque cibernético contra a Ucrânia derrubou dezenas de sites do governo em meio a tensões militares entre o antigo estado soviético e a Rússia.

Ninguém reivindicou a responsabilidade pelo ataque. Os hackers postaram uma mensagem em ucraniano, russo e outros idiomas avisando os ucranianos para “ter medo e esperar o pior”.

O Serviço de Segurança Ucraniano e outros órgãos estatais estão investigando o ataque e coletando provas digitais. A porta-voz, Artem Dehtyarenko, disse que o governo derrubou alguns de seus outros sites para evitar que o ataque se espalhasse.

As autoridades dizem que nenhum dado pessoal havia sido roubado no ataque.

A secretária de imprensa da Casa Branca, Jen Psaki, disse que os Estados Unidos oferecerão assistência. Ela disse que os EUA e seus aliados estão “preocupados”, e o Presidente Joe Biden foi informado sobre o assunto.

O Secretário Geral da OTAN, Jens Stoltenberg, também se ofereceu para ajudar. Ele disse que a OTAN proporcionará uma plataforma para compartilhar informações sobre a defesa cibernética.

A AP citou um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Ucrânia dizendo que a Rússia tem uma longa história de ataques cibernéticos contra seu país.

Autoridades dos EUA dizem acreditar que Moscou está usando a mídia social para semear a divisão e justificar sua intervenção na Ucrânia. A Rússia enviou, recentemente, cerca de 100.000 soldados para a fronteira que compartilha com a Ucrânia.

SourceNHK

Artigos relacionados

ÁSIA

spot_imgspot_img
Translate »