26.7 C
Kōnan
sexta-feira, 19 de agosto de 2022

Coréia do Sul tem recorde de casos diário do coronavírus chinês

Os novos casos diários de coronavírus chinês na Coréia do Sul superaram 7.000 pela primeira vez. O governo está lutando para fortalecer o sistema médico do país em meio à propagação da variante Ômicron.

Últimas Estatísticas do Coronavírus no Japão

Coréia do Sul tem recorde de casos diário do coronavírus chinês

Os novos casos diários de coronavírus chinês na Coréia do Sul superaram 7.000 pela primeira vez. O governo está lutando para fortalecer o sistema médico do país em meio à propagação da variante Ômicron.

Autoridades sanitárias sul-coreanas informaram que o número de novas infecções por coronavírus chinês no país foi de 7.175 na terça-feira (7). Isso é mais de 1.800 do que o recorde anterior, que foi estabelecido na sexta-feira (3).

As autoridades acrescentaram que 840 pacientes estão em estado grave ou crítico. Este também é um novo recorde. Os oficiais indicaram que mais de 80% dos leitos reservados para pacientes graves na área da grande Seul estão ocupados.

O país confirmou 38 casos da variante Ômicron até o momento. Esse número inclui infecções entre aqueles que participaram de um evento em uma igreja em Incheon, que fica perto de Seul.

O governo flexibilizou algumas restrições do coronavírus chinês em novembro. Permitiu que os restaurantes retomassem o horário comercial normal. Mas, na segunda-feira (6), reforçou, parcialmente, as restrições em face do aumento das infecções. Impôs um limite para o número de participantes em reuniões privadas.

O Primeiro Ministro, Kim Boo-kyum, disse nesta quarta-feira (8), que o governo está lutando para acompanhar o ritmo das novas infecções, apesar de ter acrescentado leitos hospitalares. Ele enfatizou que pretende fortalecer o sistema médico do país e fornecer assistência para aqueles que se recuperam em casa.

SourceNHK

Artigos relacionados

ÁSIA

spot_imgspot_img
Translate »