2.5 C
Kōnan
terça-feira, 18 de janeiro de 2022

Legisladores tailandeses rejeitam emenda constitucional

O parlamento da Tailândia rejeitou uma revisão da constituição por ativistas pró-democracia. Foi a segunda vez em cerca de um ano que o parlamento, no qual as forças pró-militares são dominantes, rechaçou a reformulação da constituição.

Últimas Estatísticas do Coronavírus no Japão

Legisladores tailandeses rejeitam emenda constitucional

O parlamento da Tailândia rejeitou uma revisão da constituição por ativistas pró-democracia. Foi a segunda vez em cerca de um ano que o parlamento, no qual as forças pró-militares são dominantes, rechaçou a reformulação da constituição.

Uma sessão conjunta, nesta quarta-feira (17), votou pela rejeição do projeto de lei. A emenda foi apresentada por grupos cívicos e um partido de oposição, apoiado por mais de 135.000 assinaturas de petições.

O projeto exigiu mudanças fundamentais na Constituição de 2017, incluindo a abolição do Senado e a mudança do método de seleção dos juízes do Tribunal Constitucional. Os dois órgãos são influenciados pelos militares.

A votação de quarta-feira ocorre uma semana depois que a Corte Constitucional decidiu que os apelos dos ativistas pró-democracia para a reforma da monarquia são uma tentativa inconstitucional de derrubar a instituição. Também ordenou a três ativistas principais e seus associados que se abstivessem de fazer mais exigências deste tipo.

Isto fez com que milhares de manifestantes saíssem às ruas da capital neste domingo. Alguns foram feridos. Os especialistas políticos esperam que os conflitos entre autoridades e manifestantes possam aumentar antes das eleições gerais, que serão realizadas no início de 2023.

SourceNHK

Artigos relacionados

ÁSIA

spot_imgspot_img
Translate »