11.1 C
Kōnan
quarta-feira, 8 de dezembro de 2021

Erupção submarina no Japão é uma das maiores desde 1860

Uma equipe de pesquisadores informa que a erupção de um vulcão submarino no Oceano Pacífico foi o segundo maior do Japão desde meados do século 19.

Últimas Estatísticas do Coronavírus no Japão

Erupção submarina no Japão é uma das maiores desde 1860

Uma equipe de pesquisadores informa que a erupção de um vulcão submarino no Oceano Pacífico foi o segundo maior do Japão desde meados do século 19.

Pesquisadores do National Institute of Advanced Industrial Science and Technology e outros analisaram a erupção do Fukutoku Okanoba, em 13 de agosto, próximo à cadeia da ilha de Ogasawara.

A equipe analisou dados de um satélite meteorológico e observações de outra ilha a 300 quilômetros de distância para estimar a escala da erupção.

Os pesquisadores concluíram que a erupção enviou material vulcânico entre 16.000 a 19.000 metros e liberou de 300 milhões a um bilhão de toneladas de magma.

Duas ilhotas foram formadas após a erupção.

O vulcão expeliu um volume maciço de pedras-pomes. Algumas delas foram arrastadas para terra este mês, a mais de 1.000 quilômetros de distância, nas ilhas das prefeituras de Kagoshima e Okinawa.

Imagens de satélite mostram uma massa de tais pedras flutuando a 50 quilômetros da ilha principal de Okinawa, e parecia provável que elas alcançassem sua linha costeira.

Oikawa Teruki, oficial do Instituto, diz que o grande volume de pedras-pomes indica que a erupção foi maciça.

Ele diz que as pedras poderiam interromper as operações de usinas elétricas e siderúrgicas que utilizam água do mar como refrigerante, bem como causar problemas para barcos de pesca e balsas.

SourceNHK

Artigos relacionados

ÁSIA

spot_imgspot_img
Translate »